Rádio Rural AM 840

COLUNA DO LUÍS LONGHINI

Luis Longhini


Morre aos 97 anos, Osório Furlan, pai de Luiz Fernando Furlan. Veja!

Por Luís Longhini
Sociedade
28/06/2020 às 11h24

SÃO PAULO – Morreu na manhã deste domingo, dia 28, em São Paulo, aos 97 anos, devido a complicações de saúde, Osório Henrique Furlan, pai do concordiense, Luiz Fernando Furlan.

Osório nasceu em 1922, na cidade de Tupanciretã, Rio Grande do Sul. Seu primeiro emprego foi como garçom.

Ainda jovem, seu Osório saiu de sua cidade natal, para Joaçaba, aqui mesmo no Oeste Catarinense. Lá conheceu o sogro, o patriarca fundador da SadiaAttilio Fontana, e casou-se com, Lucy Fontana, uma das filhas do seu Attilio.

Na década de 40, seu Osório e toda a família vieram morar em Concórdia. Estava nascendo na cidade a Sadia. 

Foram mais de 30 anos dedicados a terrinha. Por aqui, seu Osório foi diretor administrativo do Grupo Sadia. Osório e a esposa, dona Lucy, hoje com 94 anos, tiveram cinco filhos, um deles muito conhecido dos brasileiros e concordienses, Luiz Fernando Furlan.

Osório foi também fundador da Sociedade Esportiva e Recreativa Sadia,a SER Sadia, e foi um dos criadores da Fundação Attílio Fontana

Na década de 60, seu Osório e família partiram de Concórdia para São Paulo, a Sadia estava crescendo, e estava desbravando novos mercados.

A sede da companhia passou a operar na capital paulista, e seu Osório por lá seguiu por um longo tempo, sempre pensando em Concórdia e incentivando o esporte, seu hobby predileto. 

Em 2007, Osório encerrou suas atividades profissionais na Sadia, como vice-presidente do Conselho de Administração.

Ah! Seu Osório, sempre fez questão de manter sua 'casa de campo' em Concórdia, localizada próximo ao Memorial Attilio Fontana. Quando vinha para cá, era lá que sempre ficava com demais membros da família, o que ocorre até hoje na vinda da Família Furlan.

LEMBRANÇAS

Um dos grandes amigos, de seu Osório, o concordiense e também um dos diretores da Sadia, Albino Zanatta, teve o privilégio de trabalhar e aprender muito com seu Osório, lembra com muito carinho do colega de trabalho.

– Osório sempre foi um homem honesto, correto, humano, que gostava de estar no chão da fábrica, conversar com os funcionários. Osório foi uma das peças fundamentais também para o sucesso da Sadia –, lembra Albino Zanatta.

Essa amizade de Albino e Osório, foi para sempre, até o último momento. Quando podia, Albino estava em São Paulo visitando o amigo, seu Osório, fazia o mesmo, sempre que vinha a Concórdia, adora reunir-se com o amigo.

Em uma das últimas vezes que esteve em Concórdia, em 2014, seu Osório quando questionado sobre essa grande amizade com seu Albino e sua família, o decano falou com muito carinho do amigo, e relembrou os velhos tempos de Sadia, de trabalho, de conquistas...

– Tenho boas recordações! Osório gostava de estar em Concórdia, mas em função de problemas de saúde, nos últimos tempos não estava mais conseguindo vir a cidade. Sinto pelo meu amigo que parte, mas ele deixa um grande legado, uma grande história de trabalho e amizade –, finaliza Zanatta.

DESPEDIDA

O enterro de Osório Furlan, vai ocorrer em São Paulo.

Longhini, relembra direto de seu arquivo a visita de seu Osório e família a Concórdia em, agosto, de 2014.

Naquela oportunidade, a família Fontana reuniu amigos, para comemorar o sucesso do Memorial Attilio Fontana e as preparações de aniversário do espaço que leva até hoje o nome de seu Attilio Fontana, fundador da Sadia.

Fonte: Luís Longhini


Confira a galeria de fotos!






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






VEJA TAMBÉM