Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

LUAN DE BORTOLI




Com a vice sendo "de cá", o “lado de lá” vai dar mais atenção para a nossa SC-283, que implora por socorro?

Audiência pública nesta sexta é mais uma tentativa de solucionar problema antigo.
Adicionado em 13/09/2019 às 08:02:56

Idealizada pelo vereador Edno Gonçalves (PDT), ocorre nesta sexta-feira, dia 13, uma audiência pública para tratar da SC-283. É mais um debate organizado por lideranças da região tentando buscar uma solução para um problema antigo e bastante conhecido de todos – inclusive daqueles que estão bem distantes, lá na capital do Estado.

É louvável mais uma audiência. O encontro de hoje terá força, afinal vai contar com apoio da Frente Parlamentar Estadual das Rodovias do Oeste e dos deputados estaduais Marcos Vieira e Altair Silva, que, na Assembleia Legislativa, têm dado uma atenção ao assunto. Toda força é bem-vinda quando se trata da nossa esquecida e prejudicada rodovia que tem grande importância à região, mas não tem a merecida atenção.

A grande questão dessa discussão é, no entanto, algo que podemos chamar de fator novo ou diferencial. Neste ano, o governo de Santa Catarina conta com uma vice-governadora vinda aqui do Oeste do Estado – Daniela Reihner. Logo, subentende-se que ela já conhece a problemática e a luta – de Concórdia e de toda a grande região.

Até agora não houve algum aceno concreto vindo dela ou do governo para melhorias na SC-283, que começa pela nossa cidade e vai longe pelo Oeste – apenas citaram que há busca de recursos. Embora sejam importantes, vamos torcer para que não venham só mais tapa-buracos. Porque chega a ser um pouco constrangedor (para nós e para eles) que, quanto mais próximo do litoral cheguemos, mais obras em rodovias encontremos.

Vamos torcer que não seja apenas mais uma audiência pública com resultados pífios e mais promessas. Por isso, a pergunta que fica é: podemos ter uma esperança de que a situação vai mudar com a vice sendo “das nossas bandas”, algo tido como diferencial durante a campanha feita em nossa região, ou foi mesmo só coisa de campanha?





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

29

Mai
Luan de Bortoli

A perversidade da mente humana

De tempos em tempos, nos deparamos com notícias impactantes que chocam e nos fazem refletir sobre a maldade do ser humano. Nesta semana, dois fatos chamaram a atenção do Brasil. A crueldade de assassinar uma criança. E por alguém de dentro da própria...

Leia mais

22

Mai
Luan de Bortoli

​Reflexões sobre uma pandemia e mais algumas incertezas

A gente vem vivendo momentos diferentes. De incertezas. Estressantes e angustiantes. Meu colega Marcos Feijó usou este espaço, na sua coluna desta semana, para falar sobre um sonho maluco que teve. Assim, vou usar o espaço para refletir sobre o que...

Leia mais

15

Mai
Luan de Bortoli

​A luta contra a covid-19 pede mais da gente

O importante índice que avalia o isolamento social dos catarinenses está baixo. Segundo o governo de Santa Catarina, apenas 39% da população está isolada neste início de maio, um valor longe do minimamente aceitável, que é de 50%. Está, portanto,...

Leia mais

08

Mai
Luan de Bortoli

​Já somos a Itália e a Espanha? Seremos os Estados Unidos?

Nesta semana, o Brasil alcançou números assustadores do coronavírus. As estatísticas já indicavam isso, mas a realidade sempre impacta mais do que qualquer projeção. Não apenas pelo 130 mil casos ou nove mil mortes. Mas pela rapidez que vem...

Leia mais

01

Mai
Luan de Bortoli

​ E se a próxima morte por Covid-19 fosse na sua família?

O que é uma morte? Para você, à distância, só mais um acontecimento, um número. Para pessoas próximas, muito mais que uma perda. É uma interrupção de laços. É o ponto final. E em meio à pandemia do coronavírus, precisamos, urgentemente, refletir...

Leia mais