Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

LUAN DE BORTOLI




Violência às claras

Agressão de homem em mulher nas ruas de Bahia é emblemático.
Adicionado em 16/10/2020 às 08:38:58

Nesta semana, entre quarta e quinta-feira, um vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais e, logo em seguida, ganhou repercussão nos principais portais de notícia do país. As imagens mostravam um homem agredindo uma mulher, após alguns minutos de conversa. Isso aconteceu na Bahia, mas não dentro de uma casa. Foi na rua.

Ela pedia para que ele fosse embora, que a deixasse em paz. Ele, insistentemente, continuava a importunar até que desferiu soco em seu rosto. Tudo isso foi gravado por uma pessoa que estava dentro de uma casa. O vídeo foi postado nas redes sociais logo na sequência. O que se sabe é que o homem está sendo buscado pela polícia e que já tem dez denúncias de violência contra mulher.

Este episódio é simbólico e nos traz duas reflexões acerca deste tema tão sensível e ainda polêmico. Primeiro é quanto a própria violência. Ela não foi escondida. O cidadão não teve medo. Foi às claras, em via pública. Para quem quisesse ver. O agressor não tem mais medo, como outrora, quando isso ocorria na “proteção” de um lar.

Ou seja, se já estamos em uma fase onde as agressões ocorrem publicamente, o que de pior acontece dentro de quatro paredes, quando ninguém vê? Claramente esse caso escancara a existência da violência contra a mulher, preterida por alguns, que acreditam haver excessos em situações como esta.

A outra reflexão é quanto a denúncias. É verdade que a vítima desta agressão não denunciou o homem. Mas ele responde a outras dez acusações. E continuava circulando livremente, agredindo outras mulheres. Até que ponto denunciar vale? Até que ponto isso vai deixar a vítima segura?

É preciso que a legislação esteja do lado da denunciante, com medidas mais duras após a denúncia, com uma estrutura efetiva mais eficaz. O que não dá é continuar achando que o assunto é mimimi, enquanto dezenas de mulheres seguem sendo vítimas da agressão dentro e fora de suas casas.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

09

Out
Luan de Bortoli

Números que crescem, e nossa responsabilidade também

 Ainda não vencemos o coronavírus. Ele ainda nos domina. É isso. Começo a coluna dessa forma, para alguns, talvez, meio alarmista, mas, com certeza, a realidade. É este vírus que ainda dita como é e será a nossa rotina. Então, não adianta se...

Leia mais

02

Out
Luan de Bortoli

Uma ação digna de aplausos para não deixar você esquecer da gravidade do câncer em meio à pandemia

Campanha que existe pelo menos desde meados da década de 90, o Outubro Rosa vive em 2020 um momento diferente. Projeto que visa orientar e apoiar as mulheres em relação ao câncer de mama, ações especiais, comuns nesta época, da forma que eram feitas,...

Leia mais

25

Set
Luan de Bortoli

​Ajudar quem ajuda

Nesta semana, produzi uma reportagem sobre a situação financeira das organizações não governamentais de Concórdia que realizam o serviço de proteção aos animais abandonados no município mas que passam por graves problemas financeiros que colocam em...

Leia mais

18

Set
Luan de Bortoli

​O retorno às aulas presenciais é urgente?

Assunto em alta nas últimas semanas, o retorno às aulas presenciais ainda não é unanimidade. Este tema, a bem da verdade, é uma das polêmicas do momento e não chega a um consenso entre autoridades ligadas ao setor de ensino. Diante de tanto...

Leia mais

12

Set
Luan de Bortoli

Covid-19: diminuir não significa que vencemos

Nesta semana, Concórdia e os municípios da Amauc atingiram "bons números" referentes ao coronavírus. Santa Catarina também está em estabilidade e queda. O país, de forma geral, também vem, timidamente, registrando quedas consideráveis em casos e...

Leia mais