Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

MARCOS FEIJÓ



Radiojornalista
Marcos Roberto Andriatta Feijó, 49 anos de idade - Natural: Porto Alegre. Radiojornalista (curso superior sequencial/UNC Concórdia) 31 anos de profissão. Narrador esportivo




Dois mundos

Qual é a sua realidade?
Adicionado em 04/02/2020 às 13:57:32

Se é difícil, muitas vezes, nas nossas cidades pequenas e médias, convivermos com uma ou outra injustiça, falta de infraestrutura ou imagens ruins para olhos e mentes, imaginem o dia a dia e a convivência numa metrópole. Estive por alguns dias em Porto Alegre. Minha cidade natal. Aqui escreverei de extremos em relação, claro, à proporção. Nas cidades da nossa região temos mais coisas boas no dia a dia e poucas, porém preocupantes, coisas ruins. Pense, agora, no contrário, quanto a uma selva de pedra: mais coisas ruins para os olhos e a mente e poucas coisas boas, poucas evoluções. 

Em Porto Alegre, por exemplo, milhares de pessoas no serviço informal. A cada esquina “se viram” vendendo de tudo. O mais comum é a venda de água gelada passando por pano de prato e até uma rápida limpeza no para-brisa. Drogados perambulando, então, são centenas e centenas. “Zumbis” doentes, sendo que a maioria não virará a próxima noite. 

E sobre infraestrutura na capital gaúcha, há uma ou outra obra em pontos bem específicos. Mas num todo, porém, na maioria dos bairros, a falta de zelo, de coisas necessárias, fugiu de qualquer controle. 

Então, amigos e amigas, em poucos quilômetros de distância, temos dois mundos. Evidente que há os de lá que jamais se adaptariam aqui e os daqui que jamais se adaptariam lá. Ou seja, as pessoas fazem o seu lugar, a sua vida. Acontece que não há comparação do dia a dia.  Para finalizar, cito um quesito mínimo, mas relevante: você que reclama do trânsito daqui, não “sobreviveria” lá. 

De qualquer forma, que cada um seja feliz no seu quadradinho ou no seu quadradão. 

(twitter: @MarcosRFeijó) 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

02

Jun
Marcos Feijó

Chega de retrucar!

“Tirar o dedo do gatilho”, por ora apenas uma metáfora. Custa cada um fazer um pouquinho do exercício de “afrouxar o pé do acelerador”?  Cada um pensar um pouco no todo. No futuro de nossos jovens? Parar com apologias perigosas em polarização...

Leia mais

26

Mai
Marcos Feijó

COMO VAI A SUA AGENDA, DE PAPEL?

Em qual momento do ano estamos? Contamos os meses simplesmente pra não se perder, mas “o náufrago”(Chuck Noland/Tom Hanks), aquele do filme, deveria estar mais orientado fazendo os riscos na árvore, marcando os dias,  do que estamos...

Leia mais

19

Mai
Marcos Feijó

FRAQUEJEI

Eu estava na fila do caixa do mercado, na minha frente uma senhora já passando suas compras. Todos de máscara, ok! Quando ela foi pagar, fuçava, fuçava, na bolsa. Procurava o dinheiro e não achava. Quando, desesperada, sei lá, apontou pra mim e...

Leia mais

12

Mai
Marcos Feijó

Mais tarde, a vergonha

Depois que tudo isso passar a vida seguirá quase que na normalidade, os sobreviventes sadios, claro! Então, cuidado com as palavras agora, pois nos encontraremos. O irritado(a) de agora terá que cruzar com o ofendido(a). Muito mais nas cidades médias...

Leia mais

05

Mai
Marcos Feijó

Qual é a química?

Direto assim: por que boa parte dos políticos “não se aguenta” e busca se envergonhar. São problemas desde pequenas confusões até desvios/corrupção e cadeia. Ora! Por que não agem como a grande maioria dos empresários que zela, que investe, que...

Leia mais