Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

MARCOS FEIJÓ



Radiojornalista
Marcos Roberto Andriatta Feijó, 50 anos de idade - Natural: Porto Alegre. Radiojornalista (curso superior sequencial/UNC Concórdia) 32 anos de profissão. Narrador esportivo




Não mais na minha geração

Larguei!
Adicionado em 30/06/2020 às 12:14:26

Duas obras para Concórdia, que particularmente tanto cobrei, e que não creio mais que as verei: a reforma do ginásio Silveirão e a calçada(passeio) entre o Guilherme Reich e o Nova Brasília, costeando a SC 390. A falta de força política é maior que o tempo de espera, então as duas coisas se confundem. Larguei! Deu! Cansei!
Após mais de uma década ouvindo lideranças sobre tais situações tenho a certeza que,  até  contactei um ou outro que sequer tem poder pra fazer algo, mas ouvi muitos bravateiros. Põe bravata nisso!

O Silveirão segue se deteriorando e as pessoas seguem disputando espaço com veículos na pista de rolamento entre um bairro e outro no Acesso Sul.  Assim, determinado pela falta de força política e de coisas mais. 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

12

Jan
Marcos Feijó

É ruim, mas estabilizado

Dizer que temos poucos assassinatos na região é virar às costas aos que aconteceram, não lembrar do sofrimento das famílias, mas realmente, contando 16 municípios(antiga Amauc na totalidade),  “somente” 6 homicídios em 2020: temos que erguer os...

Leia mais

05

Jan
Marcos Feijó

​Canta alto, Galo

Quarta, dia 13,  rola a bola. O Concórdia Atlético Clube tentará, através da Copa Santa Catarina, competição curtíssima, vaga à Copa do Brasil. E depois, dia 24 de fevereiro, o bicho pega no Catarinense e a estreia será contra A Chapecoense em...

Leia mais

29

Dez
Marcos Feijó

​PAREMOS PARA PENSAR!

Não é intenção minha assustar. Eu já estou assustado. É que, pra mim, se trata de algo possível, real: um vírus, uma super pandemia, acaba com todos ou quase todos. Paremos para refletir o seguinte: este, o corona, está assustador, matador, autor de...

Leia mais

22

Dez
Marcos Feijó

É relativo desgraçar 2020

Está acabando 2020 e nunca uma troca de ano será ou passará tão despercebida. Tá tudo emendando e temos que pensar assim: os trabalhadores da saúde, linha de frente, por exemplo, estarão em quatro paredes seguindo um esforço e um cansaço sem fim. E a...

Leia mais

15

Dez
Marcos Feijó

Vai uma verdura fresquinha, freguês?

Mexerei, mesmo que rapidamente, num assunto polêmico e até cabal, mas mexerei. Como faz falta uma feirinha de frutas, verduras, legumes e similares. E aqui nem quero entrar no mérito de local, data, questões sanitárias radicais. É só, mesmo, uma...

Leia mais