Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

PAULO GONÇALVES



Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.




A Violência em Santa Catarina
Adicionado em 19/03/2018 às 09:09:30

Segundo matéria, divulgada nesta segunda-feira, pelo site NSC Total, as dez cidades mais violentas de Santa Catarina são: Florianópolis, Joinville, São José, Blumenau, Chapecó, Itajaí, Palhoça, Criciúma, Lages e Balneário Camboriú . O levantamento reuniu os dados das três ocorrências registradas nas 30 maiores cidades catarinenses, somando as três variáveis e fazendo a proporção com o número total de crimes registrados no Estado, conforme a metodologia sugerida pelo próprio comandante da Polícia Militar de Santa Catarina, Araújo Gomes. Após esse recorte, foram separadas as 10 cidades com o maior número de crimes.

Chama a atenção que, do Oeste, apenas Chapecó está entre as mais violentas. Uma demonstração de que, apesar dos fatos que temos acompanhado nos últimos anos (assaltos, roubos e homicídios), ainda moramos numa região relativamente tranquila. Chapecó - a maior cidade do Oeste é a quinta mais violenta, de acordo com o levantamento apresentado pelo site NSC Total. Assusta o fato de que estamos muito próximos de uma das cidades com os maiores índices de violência do estado. Neste fim de semana, por exemplo, um sargento da Polícia Militar foi assassinado em Chapecó.

Neste momento em que o Brasil discute tanto sobre violência é fundamental que as autoridades catarinenses também ampliem essa discussão e um campo fértil para isso será o período eleitoral. Que os candidatos ao Governo debatam sobre essa temática e, mais que isso, proponham ações para conter o avanço na criminalidade. O tema Segurança deverá ser os um tópicos prioritários da campanha eleitoral que está para iniciar.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

06

Jul
Paulo Gonçalves

Rural e 96 antecipam quadro eleitoral no Alto Uruguai

As Eleições Municipais estão marcadas para o dia 15 de novembro. Com isso, as siglas terão mais tempo para as definições. O departamento de jornalismo da Rádio Rural e da Rádio 96 antecipa um possível quadro eleitoral na região. Em alguns municípios,...

Leia mais

29

Jun
Paulo Gonçalves

Coronavírus: A estabilidade nos casos não pode ser confundida com relaxamento

Há alguns dias, têm-se observado uma certa estabilidade no número de casos de Coronavírus no Alto Uruguai. Aparentemente, em Concórdia, também estamos caminhando para isso. Essa redução dos casos significa que as pessoas (em algum momento) ...

Leia mais

22

Jun
Paulo Gonçalves

Começa a cobertura da Rural nas Eleições

O jornalismo da Rural e da 96 iniciou nesta segunda-feira, dia 22, uma série de entrevistas com os presidentes de partidos políticos de Concórdia. O conteúdo está sendo disponibilizado no site da emissora, no Programa Visão Geral e na fanpage da...

Leia mais

15

Jun
Paulo Gonçalves

Eleições 2020: É preciso se preparar e fazer a leitura dos cenários

A pandemia do coronavírus ainda é um tema predominante no Brasil e em todo o mundo. A saúde será por um logo tempo o foco dos debates. Entretanto, no Brasil, especificamente, estamos em um ano de Eleições Municipais. Nos bastidores, as siglas...

Leia mais

08

Jun
Paulo Gonçalves

A pandemia e as mudanças de rotinas, comportamentos e até linguagem

O estrangeirismo da linguagem há tempos deixou de ser uma novidade no Brasil. É muito comum observarmos vocábulos estrangeiros incorporados à nossa Língua Portuguesa, como se já fizessem parte dela.   A pandemia do coronavírus, que atinge...

Leia mais