Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

PAULO GONÇALVES



Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.




A inspiradora história da torcedora que ganhou o Prêmio FIFA

Há muitos fatores que dignificam a trajetória da mãe que narra os jogos pára o filho deficiente visual.
Adicionado em 28/09/2019 às 07:45:25

A história da mãe, que ganhou o Prêmio FIFA de melhor torcedora, é comovente e inspiradora por diversos fatores. O maior de todos, sem dúvida, é a demonstração dessa imensidão que é o amor de uma mãe por um filho.  Só para lembrar, a palmeirense Silvia Grecco,  foi a vencedora do Prêmio FIFA e ficou conhecida por narrar os jogos do clube para o filho Nickollas, de ano 12 anos, que é deficiente visual. Há um outro fator que eleva o nível de comoção e de inspiração dessa história - a adoção. Nickollas só foi adotado por Silvia, depois de 12 tentativas com outros casais. Existe ainda um outro aspecto que enriquece ainda mais essa história e que nos remete a profundas reflexões - a inclusão da pessoa com deficiência.

Ao premiar uma torcedora, que narra os jogos para o filho deficiente visual, a entidade máxima do futebol mundial reascende uma discussão sobre um tema, que ainda não é tratado como uma prioridade pelos órgãos governamentais - a necessidade de buscar ferramentas que efetivamente incluam a pessoa portadora de deficiência. Não dá para afirmar que não houve avanços neste aspecto, mas as conquistas nesta área ainda são insuficientes.

O fato é que as cidades ainda não estão preparadas para atender às necessidades da pessoa portadora de deficiência. São necessárias políticas públicas que promovam a inclusão em todos os ambientes e isso não se restringe apenas a obras físicas (construção de rampas, instalação de elevadores e adaptações em calçadas). É preciso, sobretudo, que a inclusão esteja em todos os meios e que as tecnologias sejam utilizadas para agilizar o dia a dia da pessoa portadora de deficiência. Que tenhamos escolas mais preparadas e profissionais cada vez mais capacitados para potencializar as habilidades de quem é portador de algum tipo de deficiência. (Muitas escolas e muitos profissionais já têm demonstrado muita eficiência nos trabalhos com pessoas portadoras de deficiência)

Por fim, o Prêmio FIFA à torcedora que narra os jogos para o filho deficiente visual é mais uma forma de reintroduzir o tema inclusão e refletir sobre ele. Há muito que se fazer e essas demonstrações de amor incondicional são as maiores inspirações para que os órgãos governamentais e a própria sociedade olhem para a pessoa portadora com deficiência com mais atenção. É necessário acreditar nas habilidades da pessoa com deficiência e fornecer a ela as ferramentas para que essas habilidades sejam potencialiazadas. 

 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

14

Out
Paulo Gonçalves

Agressão ao Meio Ambiente

O depósito irregular de lixo às margens de rodovias ou em terrenos baldios é mais uma agressão ao meio ambiente. Fatos dessa natureza têm sido comuns na região. Frequentemente, os órgãos ambientais flagram o acúmulo de lixo em locais...

Leia mais

07

Out
Paulo Gonçalves

A busca de uma solução para o IML de Concórdia

Na semana passada, comentei sobre a demora para uma solução no caso da estutura do Instituto Médico Legal de Concórdia (IML). Uma equipe do IML esteve em Concórdia, mas ainda não divulgou prazos para que as tão necessárias reformas sejam feitas. No...

Leia mais

30

Set
Paulo Gonçalves

Exposições fomentam o desenvolvimento da região

Os municípios da região estão empenhados na realização de suas exposições. Recentemente, Concórdia e Peritiba promoveram seus eventos com muito sucesso. A partir do próximo fim de semana, será a vez de Ipira. Eventos como esses necessitam de...

Leia mais

23

Set
Paulo Gonçalves

Trânsito: Precisamos de mais educação e mais gentileza

O cotidiano das pessoas está cada vez mais acelerado. A correria do dia a dia é intensa e, com isso, as tensões também aumentam. O excesso de compromissos faz com que o nosso tempo fique cada vez mais escasso e todo esse acúmulo de funções e...

Leia mais

21

Set
Paulo Gonçalves

Vendedores de mentiras

Eu nunca fui expert em técnicas de venda, mas, o que alguns vendedores fazem hoje em dia é estarrecedor. Recentemente, um cidadão esteve em minha casa (a princípio para pedir informações). É claro que o atendi e prestei as orientações solicitadas....

Leia mais