Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

PAULO GONÇALVES



Jornalista
Paulo Sérgio Gonçalves, radialista e jornalista. Formado em Letras Português/Inglês pela Unoesc/Joaçaba, Pós-graduado em Comunicação, Informação e Cultura pela UnC-Concórdia e formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pela UnC-Concórdia.




A pandemia e as mudanças de rotinas, comportamentos e até linguagem

Expressões estrangeiras reforçam a alteração de nossos hábitos e costumes.
Adicionado em 08/06/2020 às 13:27:21

O estrangeirismo da linguagem há tempos deixou de ser uma novidade no Brasil. É muito comum observarmos vocábulos estrangeiros incorporados à nossa Língua Portuguesa, como se já fizessem parte dela.   A pandemia do coronavírus, que atinge todo o mundo, parece ter acentuado a utilização desses recursos linguísticos no nosso dia a dia. Mais do que meras constatações atreladas à linguagem dos brasileiros, essas expressões repercutem diretamente nas mudanças de nossas rotinas.

Expressões como:  drive thru, home office e delivery estão fortemente internalizadas ao nosso vocabulário e ao nosso modo de agir. Há quem diga que, após essa pandemia mundial, muitas atitudes que outrora faziam parte do nosso cotidiano, não mais pertencerão as nossas rotinas.

Para muitos, a atividade em home office, ou seja, trabalhar em casa, já era uma realidade. Para outros, o trabalhar em casa está sendo uma nova experiência. Quando vamos a uma lanchonete e loja e, por alguma razão, não queremos sair do carro, usamos a expressão drive thru, que é receber o atendimento ou produto solicitado dentro do próprio carro.  E uma expressão que já reconhecemos há muito tempo e que, agora, também passou a virar rotina é o delivery, que é receber as mercadorias e serviços no conforto da própria casa.  

Outras expressões como Lockdown, que é a versão mais rígida do distanciamento social, e stay home, um imperativo para que fiquemos em nossas casas, também já estão cada vez mais integradas a nossa linguagem e as nossas rotinas diárias. Ainda não se sabe quando chegará o período Pós-Pandemia. O que sabemos é que muitos costumes estão mudando, A pandemia do coronavírus está provocando verdadeiras transformações na nossa linguagem, nos nossos comportamentos e no nosso jeito de ser e de encarar a vida. 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

03

Ago
Paulo Gonçalves

As divergências entre o Decreto Municipal e o Decreto Estadual

Os concordienses começaram a semana sem saber se seriam atendidos ou não pelo transporte coletivo urbano. A Administração Municipal emitiu um Decreto na semana passada, reduzindo de 50% para 35% a capacidade de ocupação dos ônibus. Todavia, o Governo...

Leia mais

27

Jul
Paulo Gonçalves

Combate ao Coronavírus: Concórdia é referência no estado

Concórdia tem dando um grande exemplo de união e de unificação de propósitos nesses tempos de combate a uma pandemia. O Poder Público Municipal capitaneou um trabalho que hoje é referência para Santa Catarina. No início da pandemia, ficamos...

Leia mais

20

Jul
Paulo Gonçalves

Não há razões para o não uso da máscara

A Polícia Militar tem cumprido um importante papel de fiscalização durante a pandemia do coronavírus. A primeira atitude é sempre a orientação. Não é o objetivo da PM sair por aí multando sem ao menos advertir ou orientar. Em mais um fim de semana,...

Leia mais

13

Jul
Paulo Gonçalves

​ Educação: Um ano comprometido

A Educação é, sem dúvida, o setor mais comprometido com a pandemia do coronavírus. Em Santa Catarina, as autoridades ainda não chegaram a um entendimento sobre uma previsão de retorno às atividades presenciais. É claro que, neste período, as...

Leia mais

06

Jul
Paulo Gonçalves

Rural e 96 antecipam quadro eleitoral no Alto Uruguai

As Eleições Municipais estão marcadas para o dia 15 de novembro. Com isso, as siglas terão mais tempo para as definições. O departamento de jornalismo da Rádio Rural e da Rádio 96 antecipa um possível quadro eleitoral na região. Em alguns municípios,...

Leia mais