Rádio Rural AM 840

OPINIÃO

EDERSON VILAS BOAS



Jornalista
Éderson Carpeggiani Villas Bôas
Jornalista formado pela UnC Concórdia em 2007
Repórter do Departamento de Jornalismo da Rádio Rural
Repórter Esportivo da Rádio Rural
Comunicador da Rádio 96 FM




​Agora é hora de salvar pessoas. Deixe a política para mais tarde

Faça e ajude mais, escreva, fale e ofenda menos.
Adicionado em 23/04/2020 às 11:19:04

Poucas vezes escrevi sobre política e vocês, que me acompanham, pouco irão ler essa temática no meu blog ou nas redes sociais. Eu trabalho com pessoas, eu conheço pessoas e sei que as vezes falar sobre isso, será como bater em ponta de faca, ou somente, para gerar ofensas de pessoas com pouca massa encefálica.

Mas enfim, fico aborrecido em ver gente brigando politicamente por assuntos muito pequenos, neste momento de pandemia. Gente usando redes sociais para agredir esse ou aquele. Uso o adjetivo “pequeno” por que falar em tenda, em exame, agora, em nada vai ajudar. Este é um momento de salvar, de tratar os que precisam. Mais tarde vão à justiça, se for necessário e acertem pendências, se é que elas possam existir. Não quero dizer que não é para cobrar. Cobre! Fz parte da democracia, mas o faça na hora certa.

Claro que eu gostaria que tivesse exame para as 70 e tantas mil pessoas que moram aqui, pra eu e minha família também, por exemplo. Mas não é possível, pois temos pouco mais de mil deles e o Governo também mandou poucos. O que temos que priorizar agora: idosos e pessoas com doenças, que são os que mais sofrerão com o vírus, por isso a preferência deles nestes exames rápidos. Mas eu deixo uma dica: aqueles que tiverem grana pra fazer particular, faça. Não fique na dúvida. Não espere pra saber se tem a doença ou não. Quanto antes tratar será melhor.

Este é um momento complicado que está apenas começando. Não pensem vocês que parará por aqui ou diminuirá. Os casos só aumentarão. Não quero gerar pânico, mas o povo tem que saber o tamanho do problema que estamos enfrentando. Não é porque nos isolamos que demos um “capote” no vírus. Óbvio que o isolamento social ajudou, caso contrário poderia ter sido pior. Mas o vírus está no ar. Ele está circulando. O Coronavírus veio pra ficar, infelizmente. Assim como outras doenças como H1N1, Tuberculose, Aids e tantas que um dia se tornaram surto ou pandemia e continuam aí. O Covid-19, também vai ficar. Pelo menos é o que especialistas falam. Não será só agora, vamos ter que aprender a enfrentá-lo, a conviver com mais essa doença. Por isso, falar, nesse momento, é o que menos precisamos. Temos que nos ajudar. Porque muitos já morreram e outros morrerão no país e no Mundo. Torço para que não aqui em Concórdia.

Para quem muito fala, faça um trabalho social, ajude a arrecadar alimentos, faça máscaras e entregue de graça, como muitos fazem na cidade, coloque um avental, uma máscara e tente ficar um dia num pronto socorro fazendo triagem em quem chega com a doença ou os sintomas. Tente ficar dentro de uma ambulância, a poucos metros, transportando pessoas com o vírus. Vocês tem coragem? Eu tenho!!! Eu faço!!! Tenho medo? Obviamente que tenho! Mas faria toda vez que fosse necessário.

Mas repito a pergunta: quem usa rede social pra criticar, tem coragem? Faça como centenas de pessoas em Concórdia, ajude de alguma forma. Mas digo: de forma direta, ou seja, alimentando quem precisa, dando uma máscara pra quem não tem.


Falar Eu falo, assim como vocês. Mas Eu faço. Só pra responder a quem queira perguntar.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

09

Jul
Ederson Vilas Boas

​Até onde vai a (in)tolerância do ser humano?

Desde pequeno nós queremos “ser alguém”. Muitos querem ser super-heróis, policiais, bombeiros, advogados, Juiz, jogador de futebol. Muitos não conseguem seguir o desejo, mas isso não os difere daqueles que conseguiram “ser alguém”. Outro dia...

Leia mais

18

Jun
Ederson Vilas Boas

​Negra… Pobre… Mulher, mas digna

Acompanho muito as redes sociais. Tem tanta coisa fútil por aí, que dá vontade de escrever m#&%. Mas respeito todas as declarações, manifestações. Por falar em respeito, ou a falta dele, nestes últimos tempos, temos acompanhado um bombardeio de...

Leia mais

11

Jun
Ederson Vilas Boas

​Não baixe a guarda, muitos precisam de você

Nos últimos dias os números do Coronavírus diminuíram em Concórdia. Eu, particularmente, fico feliz com isso. Mas não é o momento para baixarmos a guarda. Não é o momento para entender que a doença diminuiu. Os números, sim, diminuíram, mas a doença...

Leia mais

04

Jun
Ederson Vilas Boas

​Vai Passar… Tudo vai passar

Cada dia que vejo o número de curados da Covid-19, em Concórdia, eu comemoro. Muito por ter passado por essa temível doença. Por saber a dificuldade que é a recuperação. Hoje, o município tem 867 curados e isso é magnífico. Nos últimos três dias...

Leia mais

14

Mai
Ederson Vilas Boas

​O apoio aos doentes e sintomáticos é fundamental tanto quanto remédio

Não sei nem como iniciar o texto de hoje. Os últimos dias têm sido punk. Não estão sendo fáceis! O afastamento, o isolamento é até mais pesado que os sintomas da doença e a recuperação. Mas o que nos ajuda e nos faz voltar para o caminho é a força...

Leia mais