ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




BLOG DOS COLUNISTAS

Jornalista
Radiojornalista
Jornalista
Repórter Polícial

SIMONE VIEIRA


Jornalista
Formada em Comunicação Social - Radialismo (Unoesc/Joaçaba). Formada em Jornalismo (UnC/Concórdia). Pós-Graduada em Análise, Escritura e Reescritura Textual (URI/Erechim). Pós-graduada em Marketing e Vendas pela FACC. Cursando Direito pela FACC.



Devedor de pensão alimentícia pode ser preso com apenas uma parcela em atraso
Adicionado em 04/02/2019 às 06:05:36

A Pensão Alimentícia atrasada é um problema para todos os envolvidos. Quem tem fome, tem pressa. Conforme o CNJ, apenas uma parcela em atraso já é suficiente para requerer a prisão do devedor.

O devedor poderá ser preso a partir do atraso da primeira até a terceira parcela. Conforme o Código de Processo Civil, artigo 528, parágrafo 7º, "O débito alimentar que autoriza a prisão civil do alimentante é o que compreende até as 3 prestações anteriores ao ajuizamento da execução e as que se vencerem no curso do processo”.

Por isso, procure manter em dia os pagamentos. Procure esquecer os conflitos que possam existir entre seu ex-cônjuge ou companheiro.

Seus filhos não podem sofrer ainda mais do que já sofreram com o distanciamento e não possuem culpa do insucesso ou da não continuidade do relacionamento.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet