Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Brasil

Caminhoneiros estão em Brasília para pressionar governo

Grupo considera Lei dos caminhoneiro positiva, mas quer redução do diesel.

Por Luan de Bortoli
02/03/2015 às 15h38 | Atualizada em 03/03/2015 - 09h24

Chegou no final da manhã desta segunda-feira, em Brasília um comboio de 15 caminhões catarinenses que foram até a capital federal protestar contra o aumento dos combustíveis. Um grupo com 11 caminhões saiu às 14h do último sábado de Maravilha, e mais quatro, de Pinhalzinho, se juntaram sao comboio durante o trajeto.

Mesmo com o fato de que a presidente Dilma deve sancionar a Lei dos Caminhoneiros — que define horários de trabalho e descanso, entre outros pontos, e prorrogar por um ano o pagamento de dívidas de linhas de financiamento para a compra de caminhões — o movimento deve prosseguir.

— A Lei dos Caminhoneiros melhora um pouco a situação, mas ainda é uma pauta da paralisação anterior — afirmou Maurício Vendrame, presidente da Cooperativa Catarinense dos Transportadores de Carga (Coocatrans).

Ele afirmou também que a proposta de prorrogação não está clara se serão apenas linhas do BNDES ou também de outros financiamentos.

Além disso o movimento insiste na questão da redução do preço do combustível.

— Esse é um anseio do povo — afirmou 

Vendrame disse que ainda busca informações sobre um comboio de caminhoneiros que saiu do Rio Grande do Sul. O objetivo é reunir os manifestantes próximo ao Palácio do Planalto.

— Estamos chegando, agora vamos buscar informações de outros movimentos para nos juntarmos em algum ponto —  afirmou.

Os caminhoneiros que estão em Brasília aguardam a confirmação de uma audiência com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto.

No domingo cerca de 50 caminhoneiros e agricultores catarinenses tiveram umavideoconferência com o ministro, em Chapecó. O encontro foi agendado por lideranças do PT catarinenense, como o deputado federal Pedro Uczai, a deputada estadual Luciane Carminatti, o deputado estadual Dirceu Dresch e o presidente do partido em SC, Cláudio Vignatti. 

Fonte: Diário Catarinense





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM