ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


POLÍCIA

Assalto em P. Castello Branco: veículo encontrado
Elementos fugiram e são procurados pela polícia em toda a região.


Por Paulo Gonçalves
Em 28/12/2016 - 06h12 - Atualizada em 28/12/2016 - 16:42


Fotos: Serginho Primam e Laércio da Silva

Bandidos assaltaram nesta madrugada o Banco do Brasil no município de Presidente Castello Branco. A Polícia de toda a região está mobilizada em busca dos elementos fortemente armados que provocaram pânico na comunidade. Segundo informações do tenente coronel Sérgio Vargas, dois veículos suspeitos foram vistos no local. Um deles foi localizado no meio da tarde desta quarta. Ainda segundo ele, os bandidos estavam com explosivos e pistolas. Ninguém ficou ferido, mas houve uma pessoa feita rapidamente de refém.

Depois dos assaltos a agências bancárias de Irani e Seara, agora os moradores de Presidente Castello Branco sofrem com a ação dos bandidos. Uma quantia em dinheiro teria sido levada (quantidade ainda a ser apurada). A agência bancária está localizada nas proximidades do Terminal Rodoviário. Quaisquer informações podem ser repassadas ao telefone 190 da Polícia Militar. A Divisão de Investigação Criminal de Concórdia já está no município para investigação.

Segundo informações da polícia, um dos carros que possivelmente foi utilizado pelos assaltantes foi localizado na tarde desta quarta-feira ainda na região. Trata-se de um Kia/Cerato, que estava abandonado próximo da mata em Linha Taquaral, às margens de uma estrada.

Explosivos foram deixados no interior da agência bancária. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Florianópolis chegou à cidade por volta das 11h00 para fazer a retirada do artefato. O soldado Willian, do Bope, disse em entrevista que se trava de uma emulsão acartuchada, encontrada em pedreiras. "Um dos caixa houve toda a queima da carga, abriu-se o caixa, dando acesso à parte financeira. No outro, a emulsão utilizada era de baixa qualidade, então não houve acionamento", explicou ele, que retirou o produto, que será levado até Florianópolis.

Toda a parte da frente foi estourada. O caixa eletrônico também foi estourado. A família que mora em cima do Banco do Brasil foi imediatamente retirada do local. Ninguém confirma qual o valor levados pelos bandidos.

A preocupação dos policiais é a segurança do local. A população começa a tomar conhecimento da invasão agora e a PM precisa manter todos a 200 metros de distância para garantir que a vida de todos esteja segura. Segundo Vargas, a equipe de policiais verifica se alguma coisa ainda oferece risco à população. O comandante também pede a todos que divulguem qualquer informação de movimentação estranha na região.

Refém

Uma moradora, que reside no andar superior ao banco, confirmou à reportagem da emissora que um motorista de caminhão de leite, identificado como Cadore, foi feito como refém. Ele passava pela rua no momento que os bandidos estavam na agência. Ela contou que ele foi ameaçado com uma arma.

A reportagem da emissora obteve um vídeo que mostra, rapidamente, como ficou a parte interna do Banco do Brasil. Um popular chegou ao local instantes após a ação. Veja aqui. O morador que reside no apartamento que fica em cima do banco também conversou com a reportagem da emissora e contou o que presenciou do assalto. Ouça aqui.

Em entrevista à Rádio Rural, o prefeito eleito de Presidente Castello Branco, Ademir Miotto, confirmou que ouviu os estrondos na madrugada. De acordo com Miotto, a área em que ocorreu o assalto foi isolada pelos policiais e peritos.

Laércio da Silva, morador de Presidente Castllo Branco, também conversou com a reportagem da emissora e diz que, pelo período de fim de ano e festas, não dava para notar a presença de carros de outras cidade, já que o número de veículos de fora aumenta em cerca de 30%. Uma hipótese seria que os bandidos já estariam na cidade há pelo menos um dia. Ouça logo abaixo.




Escute o áudio desta notícia:




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet