ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}



Brasil de Canto a Canto

NOTÍCIAS


POLÍTICA

Zagonel manifesta interesse em ser presidente da Câmara
O interesse dele seria para os dois últimos anos.


Por Luan de Bortoli
Em 28/12/2016 - 09h12 - Atualizada em 28/12/2016 - 10:37



Vereador de posições polêmicas e prestes a retornar à Câmara, Closmar Zagonel já começa a dar opiniões fortes. Nesta semana, ele se pronunciou através das redes sociais mostrando-se contrário a possíveis negociatas envolvendo a presidência do legislativo concordiense a partir de 2017. A eleição ocorre no próximo domingo, dia 1º.

A polêmica começou porque, nos bastidores políticos, fala-se em um possível acordo alinhado entre situação e oposição, já que haveria um acerto para que Artêmio Ortigara (Pr) assuma a presidência na primeira etapa e, depois, Jaderson Miguel (PSD). Em entrevista à reportagem da Rural e da 96, Zagonel não admitiu abertamente que é contra acordos que envolvam a função maior na Câmara, mas também disso que não é adepto a esta prática e manifestou o desejo por assumir a vaga de presidente da casa. 

Esperando, na teoria, uma eleição tranquila, Zagonel diz é preciso que os vereadores respeitem a população que os elegeu, dando a entender que alinhar acordo entre oposição e situação é ir contra aquilo que o eleitor queria. “A expectativa [para a eleição] é a melhor possível. A geografia das urnas já desenhou um quadro que teria que ser seguido. Ou seja, entende-se que as duas coligações que perderam a eleição, elegeram sete vereadores e a que venceu, seis. Na escolha do presidente cada um tem o direito de escolher o lado a ser seguido”, diz ele, insinuando que a coligação vencedora não teria voto suficiente para eleger o presidente sem acordos.

Seguindo esta linha de raciocínio, Zagonel afirma que será um vereador de oposição, mas, nas palavras dele, uma oposição saudável. “De minha parte vou respeitar a vontade do eleitor para ser oposição. Uma oposição consciente, sem raiva. Todo o projeto bom para Concórdia vai ter meu voto favorável. Agora, aquele projeto ruim, de interesse de meia dúzia de pessoas, terá meu voto contrário e minha denúncia”, comenta.

Mesmo com a publicação nas redes sociais dando a entender, Zagonel disse na entrevista não ter dito que está havendo negociação para a presidência da Câmara. Mas lembra que numa eleição para presidente do legislativo tudo pode acontecer. “Nada contra [negociações]. Mas essa história de acordo, não estou falando que está acontecendo, mas temos exemplo que aconteceu há quatro ano. Essa história de negociação não faz parte do meu currículo. A bancada do PMDB vai votar conforme a consciência”, afirma.

Indagado se tem interesse em se candidatar à presidência da Câmara, o vereador eleito manifesta este desejo. No entanto, segundo ele, apenas mais para frente. “Nunca tive interesse em ser presidente neste primeiro momento. Até porque tenho compromisso de fazer trabalho forte perante a cidade de Concórdia. Isso vai me tomar muito tempo. Não teria tempo suficiente para ser presidente da Câmara. Agora, num segundo momento, tenho interesse sim, mas isso é outra história”, explica.

Escute o áudio desta notícia:




01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Paulo Roberto comentou em 28/12/2016 as 09:26:29

Artemio Ortigara é vereador eleito pelo PT ????????



© - Ideia Good - Soluções para Internet