Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Carnaval

Mesmo com verba reduzida, desfiles prometem encantar

Apresentações em Concórdia ocorrem na noite de domingo.

Por Luan de Bortoli
23/02/2017 às 07h37 | Atualizada em 24/02/2017 - 07h39

Os desfiles das escolas de samba de Concórdia, neste ano, ocorrem apenas em um dia e sem disputa oficial. A apresentação será neste domingo, dia 26, a partir das 21 horas, no Parque de Exposições. A entrada para assistir os desfiles é gratuita. Além disso, desta vez, por conta da verba escassa, não haverá arquibancadas para os espectadores.

Mas visando a presença de um grande público, uma das novidades para este ano é o transporte público gratuito. Segundo o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Concórdia (LIESC), Neuri Garghetti, alguns ônibus sairão do ponto ao lado da escola Deodoro para o Parque a fim de levar gratuitamente a população que quiser assistir ao desfile. O transporte começa às 20 horas.

Segundo o presidente, as três escolas já estão finalizando os detalhes para as apresentações. “Essa é uma semana de muito trabalho para as escolas. Estão se doando até tarde da noite para colocar na avenida um carnaval bonito”, destaca Garghetti. Cada agremiação deverá se apresentar com mais de 50 integrantes. Mesmo sem disputa oficial entre as escolas, a expectativa é de que um bom público compareça ao Parque de Exposições. “Mas entre cada escola há uma rivalidade sadia. Conseguimos fazer nosso carnaval manter um nível ato”, destaca. 

Além disso, segundo o presidente, mesmo com recessão econômica, as apresentações deverão ficar acima do que se esperava. “As escolas vão fazer um belo espetáculo. Aliás, além do que a gente estava esperando. A gente sabe que em todo o país em muitas cidade não vai haver carnaval. Com dinheiro é fácil fazer carnaval. Vamos fazer um carnaval belíssimo sem verba”, comenta.

Recursos

Nesta semana, o prefeito Rogério Pacheco esteve na Secretaria de Estado do Turismo para buscar recursos para o carnaval de Concórdia. Se aprovado o projeto que a administração encaminhou, o município pode receber recursos, mas que, segundo Garghetti informou, serão direcionados à parte estrutural e não às escolas ou à Liga, diferente do que ocorreu no ano passado. Por isso, ele conta que a Liesc não conta com este recurso.

A apresentação das escolas já tem ordem definida, conforme ordem de classificação do ano passado. Entra na avenida primeiro a Matriz do Samba, campeã de 2016, que vai cantar sobre a história do chocolate. Em seguida, é a vez da Império Guerreiro, que vai contar sobre os espelhos. Por fim, a Unidos da Alegria fecha as apresentações contando a história da Pittol Calçados. Depois dos desfiles começa o carnaval de salão, no Centro de Eventos, também totalmente de graça.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM