Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Brasil

Justiça de SP condena empresário Lírio Parisotto por agressão contra Luiza Brunet

Empresário foi condenado a um ano de prestação de serviços à comunidade

Por Luan de Bortoli
06/06/2017 às 08h12

A Justiça de São Paulo condenou o empresário Lírio Parisotto a um ano de prestação de serviços à comunidade por agredir a modelo Luiza Brunet, em maio de 2016. Na ocasião, os dois estavam namorando. Parisotto também deverá ficar sob vigilância pelo prazo de dois anos. A decisão foi assinada pela juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti, titular da Vara Central de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. As informações são do jornal O Globo.

Inicialmente, a sentença determinava que o empresário cumprisse pena de um ano de prisão em regime aberto, mas a magistrada suspendeu a decisão por dois anos, por não se tratar de réu reincidente. A suspensão da sentença está condicionada à apresentação à Justiça, por parte do réu, de comprovantes mensais de residência fixa e exercício de trabalho regular.

O caso está sob segredo de Justiça. Pedro Fonseca Neto, advogado de Luiza Brunet, disse que vai avaliar se entra com recurso para tentar aumentar a sentença contra Parisotto. A defesa de Parisotto informou que vai recorrer da decisão, pedindo a absolvição de seu cliente.

Fonte: Zero Hora





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM