ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


CARNAVAL

Prefeitura diz que não vai coordenar Carnaval 2018
Reunião na próxima semana vai definir realização do evento.


Por Luan de Bortoli
Em 06/10/2017 - 08h33 - Atualizada em 07/10/2017 - 00:07



A administração municipal de Concórdia não deverá coordenar o Carnaval 2018, depois da desistência da Liga Independente das Escolas de Samba de Concórdia (LIESC). Na tarde da quarta-feira, dia 04, a direção da Liga protocolou documento na prefeitura anunciando que está abandonando a organização do Carnaval 2018 por falta de verba. 

Conforme disse na quinta-feira a administração para a reportagem da emissora, como não é atribuição do poder público a prefeitura não vai coordenar o evento do próximo ano, atividade que era de competência da liga. Em entrevista ao jornalismo, o Superintendente de Cultura de Concórdia, Julio Gomes, confirmou a informação. "É uma decisão deles, não temos o que fazer. O carnaval é competência deles", comenta.

A intenção da Superintendência de Cultura de Concórdia agora é reunir as escolas de samba do município para analisar a desistência da Liga. Deverão discutir as consequências com a direção das agremiações e ver a melhor forma para realizar a festa do próximo ano. "As escolas estão com vontade de fazer o carnaval e agora temos que nos reunir. Como eles querem fazer, se vão fazer uma comissão organizadora. Isso vai ser feito no início da semana que vem", explicou.

A Liga atribuiu a decisão ao fato de que a administração municipal não repassou recursos para a Liesc e por isso não há como preparar o evento para o próximo ano. Julio explica que não há como fazer esse repasse. "Nós trabalhamos dentro da legalidade, do que podemos fazer. Pelo que a gente vê, legalmente não tem como fazer isso [repassar para a Liga]. Não sei como os outros município veem isso, mas nós temos esse entendimento", finaliza.




06 COMENTÁRIOS - Deixe também o seu Comentário



ladi comentou em 06/10/2017 as 17:31:44

Está certo a prefeitura, quem quer se divertir pague do próprio bolso......ou procure patrocinadores que queiram fazer propaganda da sua empresa, nada mais justo. Amem
Aline comentou em 06/10/2017 as 14:22:50

A prefeitura nao deve assumir essa responsabilidade, se querem fazer carnaval fazem com recurso proprio, nao tem nenhum trabalho social nesta festa, nao merece recurso publico, se essa festa nao acontecer o governo ganahara credito,
Nicolas comentou em 06/10/2017 as 14:05:25

Acredito que a prefeitura deva sim investir em cultura e no esporte. Só que investir é diferente de simplesmente patrocinar. Se a prefeitura vai investir em esporte ou cultura deve priorizar as crianças, contribuindo assim para o seu desenvolvimento.
Alceu Matiollo comentou em 06/10/2017 as 11:31:16

Quem quiser fazer festa que pague do seu bolço. ou vá para o carnaval profissional de Ita. Eu como contribuinte prefiro que invista no esporte ou seja melhorias no estadio municipal para melhor conforto dos torcedores, seja no campeonato da serie A seja nos esportes amadores JASC
Nicolas comentou em 06/10/2017 as 10:21:38

Acredito que com pouco dinheiro e muita vontade dá pra fazer algo bem interessante.
Pode ser buscado apoio na comunidade com empresas parceiras que tenham interesse em apoiar este evento.

Rodrigo Stain comentou em 06/10/2017 as 09:40:42

Alguém lembra da lei 13.019 que é a lei do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil? Ninguém lembra né? Pesquisem sobre, dai vão entender porque não é mais possível repassar dinheiro para quem pede, tem que ter projeto, tem que beneficiar a população e não somente 4 ou 5, tem que ter um site na internet aonde deve ter a prestação de contas, entre outras regras. Acabou isso de ir na prefeitura e sair de la com uma sacola cheio de dinheiro, parabéns a administração por cumprir a lei.



© - Ideia Good - Soluções para Internet