Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Carnaval

Fora do Carnaval 2018, Império Guerreiro ainda espera fator surpresa pra voltar a desfilar

Falta ade recursos afastaram escola dos desfiles.

Por Luan de Bortoli
03/11/2017 às 08h03 | Atualizada em 03/11/2017 - 14h40

Apesar de todos os percalços, o Carnaval 2018 de Concórdia vai acontecer. O martelo está batido. A diferença, no entanto, é que, além de a Liga das Escolas de Samba de Concórdia (LIESC) não estar a frente da organização, a Império Guerreiro não vai participar da festa. Isto já está acertado e praticamente 100% definido. Mas ainda há um resto de esperança.

O atual presidente da agremiação, Cleimar Fantin, explica que a falta de recursos e a demora por uma definição contribuíram para que a escola não entrasse na avenida. A decisão de não participar foi tomada a partir de uma reunião. “Foi feita uma reunião com a diretoria e a maioria optou por não participar. A gente obteve resposta de recurso em cima da hora. Ficou difícil para contratar harmonia, mestre de bateria, fantasias. Ficou apertado. E o povo de Concórdia merece um Carnaval forte, bom”, comenta.

Apesar de já terem batido o martelo e confirmado para as demais agremiações que a Império não vai participar da festa de 2018, há ainda uma pequena chance, caso surjam novos recursos que venham a ajudar a escola, explica Fantin. “Exatamente. Hoje, neste momento, é certeza de que a gente não participa. Mas não impede, daqui a pouco, vir algum recurso, alguém querer investir na escola, algum tema diferente. Nada que ela não possa de última hora ir pra avenida”, frisa.

Ele ainda espera poder voltar para a festa em 2019. O desejo da escola é que no próximo ano, com mais calma e apoio financeiro, a agremiação volte para disputar o carnaval seguinte. “E o ano que vem a gente volta mais forte, com recursos, esperamos que venha recurso de algum projeto, então acredito que fica tudo mais fácil”, pontua.

A Império Guerreiro conta, atualmente com cerca de 200 e 300 componentes. A escola foi a vice-campeã do último carnaval com disputa, realizado em 2016. Nos dois anos anteriores, em 2014 e 2015, duas vezes seguidas, a agremiação foi a campeã do carnaval concordiense. Para a festa de 2018 a equipe da escola não chegou a definir qual o enredo levaria para a venida.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM