ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


REGIÃO

Delegacia Regional de Concórdia recolheu 580 CNHs em 2017
Maioria das infrações está ligada a ingestão de bebidas alcoólicas


Por Marcos Feijó
Em 14/11/2017 - 07h26 - Atualizada em 14/11/2017 - 11:06



Levantamento feito pelo jornalista Luís Longhini aponta que a 14º Delegacia Regional de Polícia Civil,  que compete os municípios de: Concórdia, Seara, Itá, Paial, Arvoredo, Lindóia do Sul, Ipumirim, Arabutã, Peritiba, Presidente Castelo Branco, Alto Bela Vista, Xavantina e Irani determinou o recolhimento após processos administrativos de 580 Carteiras de Habilitação (CNHs) até agora neste ano. Existem em trâmite outros 300 processos que a qualquer momento poderão aumentar o número de recolhimentos de CNHs na região. Concórdia ainda lidera as apreensões.

Outro dado que chama a atenção é que 70% destas apreensões referem-se ao envolvimento do motorista com a ingestão de álcool X direção. E qual o perfil do motorista que perde a CNH? De acordo com o chefe do setor de Imposição de Penalidades da Delegacia Regional, Luís Carlos Giuliani, não existe um perfil. No caso das infrações envolvendo bebida alcoólica não são jovens os maiores infratores, e quando refere-se a manobras perigosas, aí sim são os jovens que acabam pecando.

Outro dado que chama a atenção na 14º Delegacia Regional é que estão pendentes deste 2013 outros 2.466 processos por pontos.

O QUE DETERMINA A LEI
É bom lembrar o motorista que teve a CNH cassada, por exemplo por embriagues, a validade da pena é de um ano, sem contar as multas e o retorno aos bancos da Alto Escola. Se neste período o condutor for pego dirigindo ele pode perder por mais dois anos, totalizando três anos de penalidade sem poder dirigir. No caso da pontuação exceder os 20 pontos, segue a mesma penalidade. Se o motorista estiver impedido de conduzir o veículo até o vencimento de determinada pontuação também perdera o direito de dirigir por dois anos.

EM TEMPO
Já está valendo deste o início deste mês: motorista que estourar 20 pontos perderá CNH por 6 meses. Ou seja: antes, o tempo mínimo era de um mês. Mudança vale para todo o país e será aplicada para pontos acumulados desde 1º de novembro de 2016.


Fonte: LUÍS LONGHINI




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet