ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


ESTADO

Obras da ferrovia do frango devem começar em dois anos
Ao menos oito toneladas da produção do estado devem passar por ela e gastos com frete devem ser reduzidos.


Por Luan de Bortoli
Em 04/04/2018 - 08h18 - Atualizada em 05/04/2018 - 07:57



A empresa responsável pela ferrovia entre o Oeste catarinense e o Litoral, conhecida como ferrovia do frango, apresentou o cronograma para a execução do projeto. A ideia é que em dois anos o traçado esteja definido e as obras comecem. Ao menos oito milhões de toneladas da produção catarinense devem passar pelos trilhos do trem, como mostrou o NSC Notícias de terça-feira (3).

A estatal Valec é a empresa responsável pela execução do projeto orçado em cerca de R$ 50 milhões. “Mais alguns meses, três ou quatro meses, a gente vai concluir. Após isso, daremos isso ao projeto básico de engenharia. É neste momento que nós vamos tratar de traçado e custos”, explicou o superintendente de planejamento e desenvolvimento da Valec Fábio Bittencourt.

Pra este ano, a expectativa é de que o governo federal libere mais R$ 35 milhões para o projeto, além dos outros R$ 12 milhões que já estão garantidos.“Em outubro e novembro de 2019 teremos o final desse projeto e a ideia é não extrapolar o orçamento inicial”, informou o superintendente.

A Federação da Indústria do Estado de Santa Catarina (Fiesc) acredita que com a ferrovia, os gastos com frete sejam reduzidos. “Se nós não desenharmos uma ferrovia que tenha viabilidade econômica, seja um projeto muito bem feito considerando todas as potencialidades de carga e atendendo a nossa logística, nós vamos ter mais um projeto”, disse o executivo da Fiesc Egídio Antônio Martorano.

Enquanto o projeto ainda não está pronto, as entidades empresariais ficam na expectativa. “É uma obra estratégica para a nossa região, para todo estado de Santa Catarina. Então, esperamos que lá por 2025 ouçamos o apito do trem”, disse o presidente do conselho empresarial de Chapecó Neloir Antônio Tozzo.


Fonte: G1/SC




06 COMENTÁRIOS - Deixe também o seu Comentário



juliana comentou em 05/04/2018 as 07:16:08

Isso é palanque politico, esse obra ouço desde 2008, já se passaram quase 10 anos, e sempre que tem campanha eleitoral ela vem a tona, tenham certeza que essa obra vai sair no plano de governo de algum nobre deputado. E mais uma vez não vai sair do papel.
Alceu Matiollo comentou em 04/04/2018 as 18:12:47

Pessoal esquecemos de Xanxere, não ei se tem frigorifico por lá, acredito que não, é de chprar muito mais...
GILSON EDUARDO PRAVATO comentou em 04/04/2018 as 17:28:11


BOM MEU PONTO DE VISITA.

EU VEJO ISTO COMO A UFFS QUANDO VEIO A CONCÓRDIA EDELI PEDRO SARRETA , JOÃO E OUTRO DO PT PROMETENDO ESTÁ UNIVERSIDADE, TODOS LEMBRAM.....
AGORA É ÉPOCA DE POLITICA E TODOS VEM A REGIÃO PROMETER COMO ELES NÃO TEM MAIS NADA A PROMETER FICAM FALANDO BESTERIA, NÃO VAI FUNCIONAR ESTÁ FERROVIA.
ladi comentou em 04/04/2018 as 14:43:06


Acho que deve se corrigir ( só 8 toneladas????), não vale nem apenas começar a fazer a ferrovia!!!!!, concordo plenamente com o GEGE, como diz Boris Casoi.... isso é uma vergonha.....aonde estavam os nossos políticos... na praia!!!!
Alceu Matiollo comentou em 04/04/2018 as 09:51:45

E como sempre Concordia nem vai ouvir apito algum, eu não vi mobilização dos nobres deputados Saretta e Sopelsa, meu povo, ACIC, de concordia, cade a mobilização, acordem vcs ainda não se deram conta que vão ficar a margem do desenvolvimento, com a ferrovia muda gtrande parte da logistica dos insumos, Concordia vai decair e muito, além do que nosso carro chefe a BRF vai olha mais ainda os custos de produção, preciso explicar ou já entenderam....
Gege comentou em 04/04/2018 as 08:30:19

De novo Concórdia ficou de fora.
Chapecó e Joaçaba, conseguiram outra vez.
Mais uma prova da fraqueza política de Concórdia, e a força política de nossos vizinhos.
O Alto Uruguai tem 3 grandes frigoríficos, não conseguiu a ferrovia do Frango. Joaçaba tem apenas um, e conseguiu.
É de chorar!!

VEJA MAIS



© - Ideia Good - Soluções para Internet