ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


DICAS DO DIA

Trabalhadores já podem consultar se tem direito ao abono salarial 2017
Valor é proporcional ao número de meses trabalhos


Por Simone Vieira
Em 17/07/2018 - 07h59


Foto: Gaúcha ZH

Os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao PIS, já podem consultar se têm direito a receber o abono salarial 2017. De acordo com publicação do Diário Catarinense, a Caixa Econômica Federal informou que a verificação poderá ser feita de três formas: 

a) no aplicativo Caixa Trabalhador, nesta página ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão (0800-726-0207).  

b) para servidores públicos, vinculados ao Pasep por meio da Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-7290001. 

O abono salarial ano-base 2017 começa a ser sacado neste mês. A estimativa é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores.

Quem nasceu entre julho e dezembro recebe o benefício em 2018. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível em 2019. Em qualquer situação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o pagamento. 


Como consultar?

- O trabalhador da iniciativa privada pode consultar através do Cartão do Cidadão. No portal ou aplicativo da Caixa, ele consulta com o número do PIS, NIS ou NIT e a Senha Cidadão. 


Onde sacar?

- Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa Econômica Federal. Para os funcionários públicos, associados ao Pasep, a referência é o Banco do Brasil. Os correntistas dos dois bancos terão o benefício creditado em conta no período estabelecido no calendário. 

-  Para sacar o abono salarial no Banco do Brasil, o trabalhador deve apresentar seu documento oficial de identificação (RG ou CNH, por exemplo) no guichê de caixa em uma das agências do Banco do Brasil. 

Quem tem direito?

- Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep, é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2017 com remuneração média de até dois salários mínimos. 

- Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Qual valor é pago?

- A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017. 

- O valor do abono salarial será calculado na proporção 1/12 do salário mínimo vigente na data do pagamento. Ou seja, o valor máximo é de R$ 954 e, o mínimo, de R$ 80.

- Quem trabalhou durante todo o ano receberá o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias receberá o valor mínimo. 

Fonte: DC




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet