Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Informe Publicitário

Hospital São Francisco e Plano de Saúde São Camilo participam de evento na Rua Coberta

Muitos brindes foram entregues e exames foram realizados

Por Simone Vieira
06/10/2018 às 16h52

O Hospital São Francisco e o Plano de Saúde São Camilo participaram neste sábado (06) do evento Outubro Rosa concentrado na Rua Coberta. O evento iniciou com a caminhada da Rede Feminina de Combate ao Câncer e o apoio do Hospital São Francisco, Plano de Saúde São Camilo e o acompanhamento das Rádios Rural e Rádio 96. 

Em entrevista a jornalista e comunicadora, Giane Patrícia, o Diretor do Hospital, Claudemir Andrighi afirma que o intuito é incentivar as mulheres a realizarem os exames preventivos. “O Hospital e o Plano São Camilo possuem o único mamógrafo digital do oeste catarinense. Este equipamento proporciona muito mais conforto para as mulheres, diagnóstico precoce e preciso”. 

A estrutura disponibilizada pela Rede São Camilo para o evento surpreendeu a população, uma “onde rosa” tomou conta da Rua coberta devido a participação em massa dos colaboradores da rede. Conforme o Diretor do Plano de Saúde São Camilo, Fernando Vanzo e o Diretor Geral do Plano, Simonei Bonatto,  o objetivo é trabalhar a prevenção. A São Camilo sempre prioriza a qualidade dos serviços prestados e o investimento em equipamentos de alta precisão nos exames e na excelência no atendimento aos pacientes  de Concórdia e região.

Os jornalistas, Luiz Longhini e Luan de Bortoli, também se fizeram presentes e acompanharam  in loco a realização dos exames de glicose, aferição de pressão arterial, jogos educativos, dentre outras atividades.   

Os assessores, Paulo Baes e Nara Rux Socha, destacam que muitos brindes foram proporcionados para as pessoas que passaram pela Rua Coberta, distribuição de pipoca, balões, bem como exames preventivos. A Rede São Camilo trouxe um cinema móvel onde foram exibidos materiais de conscientização para a população. 

A enfermeira do Plano São Camilo, Morgana Stumpf, afirma que a identificação de lesões mínimas é possível somente através da mamografia. “ O mamógrafo digital tem a capacidade de identificar as lesões antes mesmo de ser paulpável ou se manifestar clinicamente”. 

Neste mês de conscientização quanto aos exames preventivos é sempre importante salientar que o autoexame não substitui a mamografia, principalmente se você já possui mais de 40 anos e possui histórico familiar de câncer de mama. 







SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM