ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


CONCÓRDIA

Merlos Jr. não paga 7ª parcela e dívida passa de R$ 700 mil
A última mensalidade vencia na terça-feira, dia 08, e não foi quitada


Por Luan de Bortoli
Em 10/01/2019 - 06h51 - Atualizada em 10/01/2019 - 15:55



O que já era esperado aconteceu. A empresa Merlos Jr., detentora dos direitos de explorar o estacionamento rotativo de Concórdia, não pagou a mensalidade referente ao mês de dezembro para a prefeitura, e assim já acumula uma dívida de sete meses, que ultrapassa os R$ 700 mil. Conforme a administração municipal, a empresa está em débito desde junho do ano passado.

A última mensalidade vencia na terça-feira, dia 08, e não foi quitada. A administração já esperava por isso já que as seis anteriores não haviam sido pagas. O débito exato, conforme a prefeitura, é de R$ 716.888,41, referente ao valor mensal que a empresa precisa pagar para explorar o serviço de Área Azul e que constou no edital licitatório vencido pela Merlos Jr.: R$ 102.412,63.

Em dezembro, há cerca de um mês, a administração municipal, através de sua assessoria jurídica, havia notificado a empresa para que pagasse o valor devido. Agora, novamente a assessoria jurídica deverá notificar a controladora do estacionamento rotativo para que pague o valor devido. A intenção é resolver de forma pacífica via esfera administrativa, além da inscrição do débito em dívida ativa. Só depois disso, caso a dívida prossiga, é que a prefeitura deverá partir para a esfera judicial.

Entre as justificativas para o atraso está aquele argumento usado pela empresa, ainda no início do ano passado, quando ela anunciou que deixaria o município, de que o faturamento está abaixo do esperado. Desde o anúncio, a prefeitura tem trabalhado para fazer uma nova licitação para escolher a nova empresa responsável por controlar o estacionamento rotativo. A escolha ainda não ocorreu porque o edital foi contestado no Tribunal de Contas do Estado e a administração trabalha para corrigir apontamentos feitos pelo órgão. A tendência é que a licitação seja relançada no início deste ano.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet