ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


AGRICULTURA

Mais um reajuste no preço do quilo do suíno
Setor comemora o terceiro aumento do ano.


Por Luan de Bortoli
18/03/2019 - 07h
- Atualizada em 19/03/2019 - 08:25



O valor do quilo do suíno vivo pago ao produtor teve um novo reajuste na última semana e passa a animar o suinocultor. Foi o segundo aumento somente neste mês de março e o terceiro no ano. A informação foi confirmada pela Cooper Central Aurora e passou a valer na quinta-feira, dia 14. O aumento anunciado foi de dez centavos, passando para R$ 3,20.

Além da Cooper Central Aurora, Pamplona também reajustou na sexta-feira. Os demais frigoríficos ainda não alteraram seu preço, mas isso pode ocorrer nos próximos dias. Em recente entrevista ao jornalismo da emissora, o presidente Associação Catarinense dos Criadores de Suínos (ACCS), Losivânio de Lorenzi, disse que os reajustes ocorrem em um momento importante para o produtor, pois muitos estão sem esperança e perspectiva dentro da atividade. A ACCS acredita que o ano será promissor, com mais altas. 

O ano passado foi marcado pela estabilidade do preço, sem grandes quedas, mas longe do ideal, com os preços variando entre R$ 2,80 e R$ 2,90 em boa parte do ano. Há um ano, exatamente entre os meses de fevereiro e março de 2018, o preço do suíno vivo pago ao produtor vinha sofrendo frequentes quedas de dez centavos. Ou seja, neste ano houve uma alteração, pelo menos momentânea, neste padrão de queda.

Mas, já há bastante tempo, representantes do setor e os próprios suinocultores vêm reclamando que o valor pago ainda está longe do que eles esperam, resultando no fato de que a classe tem precisado muitas vezes pagar para trabalhar. Conforme a ACCS, o valor pago até semana passada era de R$ 3,10.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet