ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


SAÚDE

Sugerido mutirão de cirurgias ortopédicas
O documento foi aprovado por unanimidade em sessão nesta terça-feira (9) na Câmara.


Por Luan de Bortoli
Em 11/04/2019 - 06h45 - Atualizada em 12/04/2019 - 07:41



Com cerca de 480 pessoas na fila de espera por uma cirurgia, a ortopedia está entre as principais necessidades dos pacientes de Concórdia, que é referência na área e atende também outras cidades da região. E para tentar diminuir o sofrimento de quem aguarda ansioso pelo chamado médico, o vereador Mauro Fretta (PSB) protocolou indicação para a realização de um mutirão nesta especialidade. O documento foi aprovado por unanimidade em sessão nesta terça-feira (9) na Câmara.

De acordo com a sugestão de Fretta, deveria ser executado um mutirão de cirurgias ortopédicas para pacientes que aguardam em fila de espera pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade de Concórdia. Ele reitera que a solicitação é um pedido da comunidade, pois há um número muito grande de pacientes na espera, a maioria casos mais complexos.

Fretta citou ter feito um levantamento na fila de espera de pacientes de Concórdia e região. “Tenho uma solicitação que foi da data de 13 de outubro de 2017. Dois anos depois, o paciente estava na posição 32 para fazer a cirurgia. Hoje ele está na posição 29. Então passamos seis meses, foram feitas apenas três cirurgias nesta especialidade, que é do quadril”, exemplifica. “A secretaria me repassou que engloba três cirurgias ortopédicas por mês, para todas as áreas”.
Ainda conforme o vereador “os pacientes que aguardam na fila são casos graves e que necessitam de urgência, por se tratar de deformidade dos ossos, músculos, ligamentos, articulações e enfim, relacionadas ao aparelho locomotor, essencial para a locomoção, como caminhar, trabalhar, e muitas outras atividades relacionadas à desenvoltura humana”.

Ele defende que seja feito um mutirão nesta área para atender Concórdia e a região, zerando a fila de espera. “A espera está girando em torno de dois anos, imagina quanta dor esses pacientes enfrentam. Ano passado teve um incremento de receita de mais de R$ 3 milhões nos cofres públicos municipais. Queria pedir que o prefeito faça esse atendimento, esse mutirão e gaste o que for preciso para poder acelerar essa fila”, pede.

Também sobre o assunto, o vereador Closmar Zagonel (MDB) afirma que os atendimentos de saúde melhoraram, mas ainda é preciso avançar. “Nessa questão desse mutirão, de minha parte, aprovaríamos qualquer valor para atender as pessoas e diminuir o sofrimento. Se não tem em Concórdia, cadastramos em outras cidades. Acho que teria apoio de todos os vereadores”, diz.

Já o vereador Andre Rizelo (PT) reitera que a luta é de todos os vereadores. “É um descaso com as pessoas que necessitam de uma cirurgia, e não tem condições de pagar, precisar aguardar tanto tempo”, reitera.

Alternativa é estudada

No pequeno expediente, o vereador Fabiano Caitano (PSDB), líder do governo na Câmara, retomou o assunto sobre a fila de espera das cirurgias ortopédicas e salientou que “de fato a fila é imensa”. Ele destacou que é importante disponibilizar o acesso aos cadastros, para dar transparência aos processos. 

Ele salienta que a maioria das cirurgias ortopédicas em questão é de média e alta complexidade. “Legalmente, pela legislação SUS, seria competência do Estado e da União. Mas, o secretário de Saúde já está conversando com o pessoal das clínicas e é nossa vontade realizar um mutirão. Alternativas estão sendo negociadas para viabilizar isso”.
  

Fonte: Assessoria Câmara




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet