Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Geral

Investigação de queda de avião iniciou no sábado

Investigadores colheram dados mas não há prazos para que o relatório final fique pronto.

Por Simone Vieira
04/05/2019 às 15h58 | Atualizada em 06/05/2019 - 07h57

Iniciou na tarde deste sábado, dia 04, a investigação que vai apurar as causas da tragédia com uma aeronave de pequeno porte em Concórdia, que tirou a vida de Odimar Roman, de 53 anos.Dois investigadores dos Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA) estiveram no local do acidente, em Linha São Geraldo, colhendo as provas.

A equipe, que saiu de Canoas/RS, onde o órgão é sediado, chegou a Concórdia pouco depois das 14h e inciou os trabalhos de investigação por volta das 15 horas. Conforme o capitão Samuel, líder do SERIPA, o trabalho de campo é de praxe e foi para colher dados que possam apontar o que aconteceu momentos antes do acidente. Nenhuma hipótese é descartada, conforme o capitão.

De acordo com ele, não há um prazo para o relatório final que vai apontar as circunstâncias da tragédia. Neste sábado, a equipe verificou como o avião de pequeno porte ficou e em que local ele caiu, além de como era toda a geografia local. Em seguida, a equipe deixou o local e iria colher dados de documentos para dar sequências ao trabalho.

A investigação é complexa e detalhada, dependendo também do material encontrado no local. Conforme o capitão, é possível que alguma das peças possam ser recolhidas e até enviadas para fora do país para passar por análises. "O objetivo não é apontar culpados, mas sim prevenir novos acidentes e alertas pilotos", disse o capitão à imprensa.

Os destroços da aeronave ficaram no local depois do trabalho da equipe do SERIPA. Agora, conforme informações apuradas com os investigadores e com a Polícia Militar, a Polícia Civil deverá analisar o material e decidir se vai recolher o que sobrou. Em caso contrário, o material é repassado para a família fazer o recolhimento.

A tragédia aconteceu em Linha São Geraldo, distante cerca de três quilômetros do aeroporto. O acidente teria ocorrido depois que a vítima fatal, o piloto Odimar Roman, 53 anos, realizava testes na aeronave, que seria uma nova aquisição. Uma das hipóteses é que ele teria batido em uma árvore. Não está descartada também a hipótese de falta de combustível. isso será apurado pelas autoridades aéreas.

Na imagem abaixo é possível ver o local do acidente. Nela, está o aeroporto e, em destaque com a cor vermelha,  o ponto onde a aeronave caiu. Na sequência, um vídeo do local da tragédia. (INFORMAÇÕES: LUAN DE BORTOLI)

Nenhuma descrição de foto disponível.









SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM