ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}




NOTÍCIAS


ESTADO

Doze cidades contabilizam estragos causados pela chuva no Sul de Santa Catarina
Prefeitura de Laguna decretou situação de emergência neste sábado, prioridade é a doação de alimentos e produtos de limpeza


Por Luan de Bortoli
Em 25/05/2019 - 17h40


Ônibus tombado em ponte que cedeu, no Morro da Fumaça(Foto: Flávio v. Jr Ascom DC / Divulgação)

Pelo menos 12 municípios no Sul catarinense foram atingidos pelas fortes chuvas desta sexta-feira (24). O maior acumulado foi registrado em Laguna,  onde em apenas 48 horas choveu 273 milímetros, valor maior do que o esperado para todo o mês. A cidade decretou situação de emergência neste sábado. 

De acordo com a prefeitura de Laguna, não há um levantamento de desabrigados, acredita-se que os atingidos foram para casa de parentes. Os estragos se concentram no Centro Histórico e no bairro Mar Grosso. 

A administração municipal está trabalhando na recuperação de vias nessas duas localidade e pede aos motorista que evitem transitar na Rua Voluntário Benevides e na Praça Lauro Muller. 

Morro da Fumaça

A prefeitura de Morro da Fumaça também estuda estuda decretar situação de emergência. No local  a forte chuva provocou alagamentos afetando cerca de sete mil pessoas. 

Ao menos 126 pessoas foram encaminhadas para abrigos, dois deles abertos pela Defesa Civil Municipal e o terceiro pela Igreja Quadrangular. Itens como roupas, calçados, fraldas, comida, brinquedos são necessários. As doações devem ser entregues no salão paroquial da Matriz São Roque. O abastecimento de água no município está interrompido. A prefeitura informou que será restabelecido até o fim da tarde. 

Jaguaruna

A ponte que dá acesso ao município está completamente interditado pois o rio que passa por ali transbordou. Segundo a Defesa Civil, a ponte deve ficar interditada mesmo após a água baixar para que seja feito uma análise técnica da situação da estrutura.  Há ainda alagamentos pontuais nas Ruas Sueli Vieira Ramos, Amazonas e Rod SC 100. O órgão municipal informou também que não há um número de desalojados, pois a maioria não informou as autoridades e está na casa de familiares. 

Içara

Em Içara foram 204 milímetros de chuva em apenas 48 horas. O município tem 35 famílias desalojadas, o equivalente a 150 pessoas. Já desabrigados são 12 pessoas, que devem ser encaminhadas a alugueis sociais pela prefeitura. Um abrigo foi montado na praça do bairro Vila Nova, em Içara. 

Doações de mantimentos para as famílias atingidas podem ser entregues na Praça do CEU, (atrás do JR Materiais de Construção) neste sábado, dia 25, até às 16 horas. A prioridade no momento são roupas de cama e banho, alimentos, produtos de limpeza, colchões, produtos de higiene pessoal e garrafas de água mineral. 

Tubarão
 
Há equipes de limpeza nas ruas e a árvore que caiu nas pontes Nereu Ramos e Heriberto Hülse está sendo retirada pela Defesa Civil neste sábado. O município informou também que houveram poucos danos até agora. Entre os prédios públicos dos locais mais afetados foi o posto de saúde do bairro São Clemente. Não há registro de desalojados. 

Criciúma

Informações da Defesa Civil Municipal apontam alagamentos por toda a área Central do município e no bairro Bela Vista. Na região da Quarta Linha, oito famílias foram encaminhadas para abrigos. Já na Primeira Linha uma ponte foi danificada pela força das águas isolando os moradores. A comunidade Linha Batista permanecia isolada até o início da manhã de hoje devido a enxurrada.

Sangão 

De acordo com a Defesa Civil foram registrados alagamentos em vários bairros e até o Prédio da Prefeitura foi atingido. O maior transtorno no município é a interrupção no trânsito da BR 101. O DNIT espera liberar o  tráfego até segunda-feira (27).

Vista Aérea do Km 356, BR 101, em Sangão
Vista Aérea do Km 356, BR 101, em Sangão
(Foto: )

Lauro Muller

Desmoronamento de rochas na Serra do Rio do Rastro, já resolvido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, havia deixado o trânsito em meia pista na SC-390.

Forquilhinha

O bairro Cidade Alta está isolado devido à cheia do rio Sangão.

Siderópolis

Houve alagamentos e foi registrada queda de árvore na SC-445. As equipes já fizeram a remoção e a pista está liberada.

Acumulados de chuva em SC



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA MAIS



© - Ideia Good - Soluções para Internet