Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Brasil

Domingo marcado por atos de apoio ao governo Bolsonaro

Em Concórdia, pouco mais de 200 pessoas participaram.

Por Luan de Bortoli
26/05/2019 às 17h32 | Atualizada em 27/05/2019 - 13h13

Sendo organizado há mais de uma semana por apoiadores, o protesto a favor do governo Jair Bolsonaro ocorreu na tarde deste domingo, dia 26, em, pelo menos, 22 estados de todo o país. Em Concórdia, a mobilização reuniu simpatizantes ao presidente na Rua Coberta. O grupo se reuniu por volta das 16 horas indo até as 17 horas. 

A maioria dos apoiadores vestia verde e amarelo ou levava consigo bandeiras do Brasil. Os organizadores produziram faixas que mostravam apoio a todas às pautas da mobilização. Alguns representantes dos grupos falaram em um palco em cima de uma caminhão. Alguns caminhoneiros também participaram. Conforme estimativa da polícia, entre 200 e 250 estiveram presentes no local.

A pauta teve diversos itens. Partidos integrantes do Centrão e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), classificados pelos organizadores nacionais como “inimigos do Brasil”, estiveram no foco dos manifestantes. Eles também defendem o ministro da Justiça, Sérgio Moro, a Medida Provisória 870 (da reforma administrativa) e a reforma da Previdência.

O grupo falou por vários minutos sobre a necessidade de uma reforma da previdência e de como a não aprovação dela pode afetar o país. Houve algumas críticas à grande imprensa. Além disso, um dos focos foi o apoio ao bloqueio dos recursos do Ministério da Educação para universidades federais - fato que havia gerado um protesto em todo o país há poucos dias.

Brasil

Ao menos 156 cidades em 26 estados e o Distrito Federal tiveram protestos entre a manhã e a tarde deste domingo, conforme o G1. As convocações ganharam força após os protestos em defesa da educação do último dia 15, contra os cortes anunciados pelo governo para os ensinos superior e técnico federais. No geral, não houve um número expressivo de manifestantes.

Grupos de manifestantes saíram em passeatas e carreatas a partir desta manhã levando bandeiras do Brasil e faixas com frases de apoio a propostas apresentadas pelo governo de Bolsonaro. Até a última atualização desta reportagem, os atos eram pacíficos.

Os protestos também apoiavam a reforma ministerial do governo Bolsonaro, com redução de 29 para 22 no número de ministérios. Houve, ainda, grupo de manifestantes no Rio de Janeiro que pedia o fechamento do Congresso, o que é ilegal, inconstitucional e contra a democracia. 

Santa Catarina

Ao menos seis cidades de Santa Catarina tiveram protestos entre a manhã e a tarde deste domingo (26) em defesa do presidente Jair Bolsonaro e de medidas do governo, como a reforma da Previdência e o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, e outras pautas.

Os atos foram registrados na capital catarinense e nas regiões do Litoral Norte, Sul, Oeste e Vale do Itajaí. Os locais de pontos de concentração e também de caminhadas foram principalmente no Centro dos municípios. Os participantes usavam, principalmente, roupas com cores verde e amarelo. Eles estavam com bandeiras do Brasil, balões, cartazes e faixas. Até a última atualização desta reportagem, os atos eram pacíficos.








SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM