Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Concórdia

Comissão do Executivo analisará denúncia de horas-máquina

Empresa registra que desconhecia o fato.

Por Marcos Feijó
14/06/2019 às 09h16 | Atualizada em 14/06/2019 - 23h31

A Administração Municipal de Concórdia dará prioridade para apuração da denúncia do caso horas-máquina.  Imagens foram feitas sobre uma máquina terceirizada parada ao meio-dia, mas com horímetro acionado devido ao motor ligado.
Felipe Stechinski assessor jurídico do Executivo, em entrevista à Rural/96, concedeu detalhes dos trâmites tomados: no dia da denúncia servidores foram ao local e pediram o desligamento da máquina, setor fiscal foi acionado para suspender contrato e a abertura de processo administrativo feito por uma comissão que dará prazo para defesa e apresentação de provas. “É uma prioridade da Administração, mas não temos um prazo específico”, disse o advogado.

Felipe fez questão de informar que a empresa protocolou documento no Executivo dizendo que o fato era desconhecido e causado pelo preposto. E solicitou o não pagamento destas horas supostamente não trabalhadas. 






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM