Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Concórdia

Após supostas irregularidades em serviços de horas-máquina, vereadores formalizam denúncia no MP

Legislativo de Concórdia também acionou as comissões permanentes.

Por Marcos Feijó
14/06/2019 às 14h29 | Atualizada em 15/06/2019 - 15h26


O presidente e o vice da Câmara de Vereadores de Concórdia, Mauro Fretta (PSB) e Closmar Zagonel (MDB), respectivamente, entregaram nesta sexta-feira (14) a documentação relacionada às possíveis irregularidades em serviços de horas-máquina no interior do município ao Ministério Público (MP). No Legislativo, já estão em andamento procedimentos paralelos para apurar a situação.

O tema ganhou grande repercussão nas redes sociais após a circulação de vídeos e áudios que mostram máquinas ligadas por longos períodos, com o horímetro funcionando, porém estacionadas. Segundo informações preliminares, os equipamentos seriam de uma empresa contratada pela Prefeitura.

Todo o conteúdo, assim como cópias de protocolos e pedidos de informação entregues ao Executivo, será apresentado ao MP na formalização da denúncia. O objetivo principal é dar respostas. conforme matéria da assessoria de comunicação do Legislativo, é dar resposta à população e garantir a transparência no serviço público, já que um dos principais papeis do vereador é fiscalizar.

Conforme Fretta, já foram acionadas também as comissões permanentes do Legislativo, para auxiliar na apuração do caso. “As comissões permanentes de Urbanização e Agricultura vão auxiliar na coleta dos dados. A missão do Legislativo é fiscalizar e precisamos cumprir com a nossa obrigação”.

Fonte: Assessoria Legislativo





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM