ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}



Campeonato Catarinense - Almirante Barroso x Concórdia

NOTÍCIAS


POLÍCIA

Concordiense suspeito de ter matado vizinho em Chapecó tem prisão decretada
Audiência de custódia de homem que matou vizinho com sete tirou ocorreu nesta quinta-feira.


Por Ederson Vilas Boas
Em 19/07/2019 - 07h12 - Atualizada em 19/07/2019 - 14:46


Foto: Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó

Na terça-feira (16), um homem foi morto com sete tiros, na rua Tietê, bairro Universitário, em Chapecó (SC). O suspeito do crime, seu vizinho foi preso em flagrante. Nesta quinta-feira (18), na 1ª Vara Criminal da comarca de Chapecó aconteceu audiência de custódia do suspeito. Ele teve a prisão convertida em preventiva pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira e foi levado ao Presídio Regional de Chapecó, onde responderá ao processo criminal.

A audiência foi aberta e a comunicação com o suspeito foi através de uma intérprete em Libras. O Ministério Público se manifestou em favor da conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva diante da violência empregada e da comoção social do crime.

A Defensoria Pública se manifestou pelo relaxamento da prisão em flagrante e da não conversão para preventiva, onde justificou que o suspeito possui residência fixa, emprego comprovado e não possui antecedente criminal.

O juiz Jeferson Osvaldo Vieira decidiu acatar o pedido do Ministério Público na conversão de prisão preventiva em provisória até uma decisão de recurso em grau superior se a defesa do suspeito achar necessário o pedido de impugnação.

O suspeito tem 50 anos e é deficiente auditivo. Ele informou que é natural de Concórdia e reside em Chapecó há 14 anos. É casado e tem dois filhos. Trabalha na construção civil há nove anos, com carteira assinada.


Notícia - 16/07/2019

Um homem de 36 anos foi morto a tiros na rua Tietê, bairro Universitário, em Chapecó (SC). A vítima foi atingida por sete tiros. O motivo teria sido um desentendimento por causa de um cachorro. Em menos de cinco minutos a guarnição da Reforçada prendeu o autor dos disparos, de 50 anos com a arma usada no crime. O fato aconteceu na noite desta terça-feira (16).

O autor dos disparos é surdo/mudo e se entregou assim que a PM chegou a sua casa.

A vítima foi identificada como Maurício Adriano Berrido, de 36 anos. Ele brincava com o filho de seis anos, em frente a sua residência, quando foi empurrado pelo autor. O suspeito efetuou seis disparos, recarregou a arma e disparou mais quatro vezes. Seis tiros atingiram o rosto um a nuca.

No local do crime foram encontradas 10 cápsulas de calibre 38. O autor dos disparos e a arma foram apresentados a Central de Polícia de Plantão (CPP). A Polícia Militar isolou a área até a chegada do Instituto Geral de Pericias (IGP). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito da vítima. O Inquérito sobre o crime ficará por conta da Polícia Civil.


Fonte: ClicRDC




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






© - Ideia Good - Soluções para Internet