Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

BB fechou três postos de atendimento na região

Medida foi tomada no último mês. Nova medida para redução de funcionários, anunciada nesta semana, por enquanto, não atinge agências de Concórdia.

Por Ederson Vilas Boas
31/07/2019 às 07h06

O Banco do Brasil anunciou, neste início de semana, medidas para reduzir o quadro de pessoal. O Conselho de Administração da instituição aprovou um conjunto de ações para reorganização institucional.

O Programa Adequação de Quadros que vai buscar otimizar a distribuição da força de trabalho do Banco do Brasil. O objetivo é equacionar vagas e excessos nas unidades da instituição financeira. Os funcionários que reúnem as condições estabelecidas no regulamento poderão aderir a um plano de desligamento incentivado.

Haverá uma revisão e redimensionamento da estrutura organizacional do BB dos níveis estratégicos, tático, de apoio e de negócios. Ou seja, direção geral, superintendências, órgãos regionais e agências.

De acordo com o BB, serão criadas 42 novas agências empresas até outubro, transformando 333 agências em Posto de Atendimento Avançado, que são pontos destinados a municípios desassistidos de serviços bancários e possuem estrutura reduzida de funcionários. Outros 49 Postos Avançados devem se transformar em agências.

Conforme o presidente do Sindicato dos Bancários de Concórdia e região, André Holdefer, desse novo anúncio de PDV não tem nenhuma informação encaminhada, mas ele afirma já teve mudanças no Banco do Brasil, no último mês, afetando de forma direta a região da AMAUC, fechando os postos de atendimento de Alto Bela Vista, Paial e Arvoredo. 

De acordo ainda com o presidente do Sindicato, nos próximos dias, além do PDV do Banco do Brasil terá o da Caixa Econômica que será prolongado e saiu um novo do Itaú, o que Holdefer, acredita que terá várias mudanças. André Holdefer estará em São Paulo nesta semana para a 21ª Conferência Nacional dos Bancários, da Campanha Salarial 2019, a ser realizada entre os dias 2 e 4 de agosto. Ele acredita que lá poderá obter mais informações sobre as deliberações das instituições bancárias.





01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Gege comentou em 31/07/2019 as 19:44:26
Micro cidades, onde, provavelmente, um banco, ou posto bancário, não se paga. Essas 3 cidades, juntamente com Arabutã e Lindóia do Sul, nem deveriam ter virado município. Sou a favor dessas pequenas cidades, que não conseguem nem se manter, voltarem a pertencer aos municípios de origem, como já existe estudo. É melhor pra todo mundo.




VEJA TAMBÉM