Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Justiça

Homicídio em jogo de carta será julgado nesta sexta

Dois réus. Crime em 2017 em Seara.

Por Marcos Feijó
01/08/2019 às 07h48 | Atualizada em 01/08/2019 - 13h32

Será nesta sexta-feira (02), o Tribunal do Júri para a dupla acusada do assassinado de Valdir Fagundes, 37 anos. O crime aconteceu em Seara no dia 2 de outubro de 2017, no bairro Monte Castelo. Alex dos Santos Correa, hoje com 19 anos, e Dilomar Tavares, com 42, são os réus deste homicídio qualificado.
No dia dos fatos autores e a vítima estavam juntos  jogando baralho, na casa de Valdir Fagundes. Após ingerirem bebidas houve uma discussão. A vítima foi agredida com paulada na cabeça e chegou a ser encaminhada ao hospital pelos Bombeiros, mas faleceu.
Menos de uma semana após o crime a Polícia Civil de Seara prendeu Alex e Dilomar quando estavam embarcando em um ônibus para deixar a cidade rumo a Concórdia. No primeiro momento, ambos negaram. 
Os dois réus estão presos no Presídio de Concórdia. Eles serão defendidos, na sessão desta sexta, por Micheles Steffens Feskiu e Jivago Pizarro Schulte Ulguim. O júri será presidido por Douglas Cristian Fontana e trabalhará na acusação Guilherme Back Locks.

Valdir Fagundes tinha dois filhos (16 e 18 anos na época). Consta, também, que após a briga, um botijão de gás foi furtado. 
O julgamento iniciará as 8h30 no Salão do Júri da Vara Única da Comarca de Seara.  Alex dos Santos Correa e Dilomar Tavares, antes do fato, já tinham passagem pela polícia. 






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM