Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Educação

Robótica gratuita para mais de 600 crianças de Concórdia

Convenio foi firmado entre Prefeitura e FABET

Por Serginho Priman
06/08/2019 às 19h44 | Atualizada em 07/08/2019 - 09h27

O Fundo Municipal de Defesa dos Direitos Difusos – FMDD de Concórdia, aprovou o Projeto Escola de Robótica apresentado pela Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte – FABET. Depois de superar todas as etapas legais de tramitação, o convênio no valor de R$ 404.890,00 foi assinado ontem pelo prefeito Rogério Pacheco, a presidente do FMDD, Neiva Belusso Piola, e o Superintendente da FABET, Vicente Luiz Rodolfi.
A meta é atender gratuitamente 660 alunos a partir do sétimo ano do Ensino Fundamental, durante 12 meses. A dinâmica de ensino será com kits LEGO EV3, Tablets, Kits Arduíno e Projetor Interativo. Cada aluno terá 32 horas de curso, divididas em oito encontros de quatro horas, uma vez por semana. As aulas ocorrerão nas segundas e quartas feiras nos período da manhã e tarde e, nas sextas-feiras, no período da tarde, nas dependências da FABET, no Bairro Fragosos.
O Projeto Escola de Robótica contempla além das aulas, transporte coletivo gratuito, alimentação e camisetas para os participantes, com contrapartidas da fundação, conforme detalhado no Plano de Trabalho. Além disso, houve a doação de parte dos materiais que serão utilizados nas aulas pelas empresas Gelnex Indústria de Gelatinas e Compufour Software. A partir de agora, os interessados poderão obter maiores informações pelo fone 3482-3850 ramal 6 ou e-mail marketing@fabet.com.br, e também fazer a pré inscrição através do site www.fabetsc.com.br clicando em Escola de Robótica. Posteriormente as inscrições deverão ser efetivadas pessoalmente na instituição com a entrega da documentação do aluno. As aulas iniciam na semana do dia 26 de agosto.
Para o prefeito Rogério Pacheco o projeto vai ao encontro dos anseios do poder público e da sociedade, que buscam aliar ideias inovadoras com a educação, especialmente com adolescentes e jovens “As aulas de robótica poderão servir de incentivo e estimular o rendimento do aluno”, comenta o chefe do executivo, observando também que Concórdia ocupa a terceira colocação no Estado de Santa Catarina como pólo produtor de software e através do estímulo da Robótica poderão surgir novos profissionais na área.
O Superintendente da FABET, Vicente Luiz Rodolfi, ressalta que a Escola de Robótica pretende exercitar a criatividade nos alunos, estimular o trabalho em equipe e inserir as novas gerações nos desafios que a tecnologia está proporcionando a humanidade. “Tudo está se transformando muito rápido. Precisamos entender e aprender a utilizar isso em benefício das pessoas, descomplicando o que parece ser difícil”.
A FABET pretende com sua Escola de Robótica direcionar as crianças de Concórdia para um outro nível de conhecimento tecnológico, instigando a resolução de problemas e contribuindo para o surgimento de novas mentes brilhantes. O município já é reconhecido como pólo produtor de softwares com representatividade nacional. Quem sabe novas ideias poderão surgir com este estímulo.  


Fonte: Barbara Primam






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM