Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Educação

Alunos de Concórdia e Seara se destacam na Olimpíada Brasileira de Robótica

Equipes do Sesi/Senai conquistaram 4º lugar na classificação geral.

Por Luan de Bortoli
21/08/2019 às 09h05 | Atualizada em 21/08/2019 - 08h15

Alunos do SESI/SENAI de Concórdia e Seara participaram no último fim de semana da Olimpíada Brasileira de Robótica na cidade de Jaraguá do Sul.  Na oportunidade,  o SESI/SENAI Regional conquistou a premiação de melhor escola privada na competição e  ficou em 4° Lugar na classificação geral. No total, foram  144 times participantes.  Conforme a gerente executiva regional do SESI/SENAI, cinco equipes representaram a região de Concórdia e Seara. "Nós estamos fortalecidos  tanto em quantidade quanto em qualidade. Buscamos evoluir a cada competição", assinala Silvana.

Os princípios da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) são: alcançar seus objetivos sem esperar que seu professor os alcance por você, superar os seus limites e os da sua equipe, ajudar seus colegas e adversários a superarem seus limites, saber que mais importante do que ganhar é conseguir competir e aprender, ajudar sempre a construir uma comunidade OBR maior e melhor e amar sempre seu robô. Os  alunos de Concórdia e Seara viajaram na sexta-feira pela manhã para Jaraguá do Sul. A competição ocorreu no sábado.

Participaram da OBR em Jaraguá do Sul os alunos:  Danimar Campos da Costa, Carolina Cerutti, Pedro Nascimento Gutbier, Ana Clara Manfroi Martelo, Luis Turmena Provin, Adrieli Fernanda De Brito, André Moterle, Lucas Eduardo Beck, Murilo Gemi de Carli, Alex Gustavo Pelizzaro, Maurício Reisdoefer Pereira e Marco Antônio Bee.  Técnicos: Jandira Saiba e Ricardo Gabiatti. O professor orientador é André Moterle.

Os alunos que representaram a Regional de Concórdia e Seara foram divididos em três times: SESI SC AgroRobots 1, SESI SC AgroRobots 2 e SESI SENAI Tech Fusion. A Robótica no SESI/SENAI  contribui com  o desenvolvimento das competências do século XXI, dando ao estudante oportunidade de vivenciar conceitos da engenharia, da física, da matemática e do design, desenvolvendo o raciocínio lógico, analítico e crítico, além da criatividade, do trabalho colaborativo, das habilidades de pesquisa científica, estimulando os estudantes a colocar a mão na massa e construir protótipos, criar hipóteses, analisar resultados.

Fonte: PG Comunicação





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM