Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Expo Concórdia

Em Concórdia, Skank fala sobre a carreira e promete novo CD para 2020

Grupo cantou, na Expo Concórdia, para mais de 26 mil pessoas.

Por Luan de Bortoli
16/09/2019 às 06h39 | Atualizada em 17/09/2019 - 07h33


Quase 30 anos depois, o Skank, uma das mais tradicionais e importantes bandas do rock/pop nacional, voltou a Concórdia. O grupo cantou pela primeira no município em 1994, e agora voltou para a Expo Concórdia. O vocalista, Samuel Rosa, concedeu entrevista à imprensa, onde falou sobre a trajetória de quase 30 anos de carreira e o futuro da banda.

Para o cantor, não há segredo para o grupo se manter tanto tempo em atuação, apenas o trabalho. "Não tem segredo. Acho que, se tivesse uma fórmula, a coisa seria mais fácil. A gente contou com uma união feliz de quatro pessoas com cabeça sintonizada no mesmo tipo de som e proposta musical, e se alinha até hoje. E, obviamente, a gente quer colocar os créditos na nossa criatividade e inquietação criativa, de sempre renovar o som".

O grupo ainda falou que já está trabalhando em um novo álbum, que deverá ser lançado no ano de 2020, mas não deu mais detalhes. No palco da Expo Concórdia, o Skank se apresentou para um público estimado em 26 mil pessoas. Samuel Rosa se mostrou surpreso com o número do público e com a participação de todos durante o show, cantando os grande sucessos da carreira.

Confira o áudio:






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM