Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Esportes

Almirante Barroso teria desistido da Série A do Catarinense

Juventus seria o beneficiado por ter encerrado a Série B na terceira colocação.

Por Ederson Vilas Boas
15/10/2019 às 07h33 | Atualizada em 15/10/2019 - 08h28


Depois de fazer uma grande campanha e subir com antecedência para a Série A, o Almirante Barroso pode desistir da competição. As exigências da FCF em questões estruturais contribuíram para esta decisão.

O principal beneficiado é o Juventus de Jaraguá do Sul, como ficou em terceiro lugar o clube herda a vaga do Almirante. A informação foi oficializada nesta segunda-feira através uma live do clube, retransmitida pela fanpage do Esporte Campeão.

O Juventus agora corre contra o tempo para trocar o seu gramado e buscar investidores para a montagem do elenco que disputará a Série A.

Indefinição

A possibilidade do Almirante Barroso jogar a série A ganhou sobrevida quando a FCF aumentou o prazo para os clubes indicarem onde mandariam os seus jogos, o clube de Itajaí recebeu ofertas de vários locais para mandar seus jogos, mas teria que mudar o seu domicílio, caso os jogos não fossem em cidades limítrofes. O custo desta mudança gira em torno de R$ 90 mil, se no ano seguinte voltasse a Itajaí o clube gastaria quase R$ 200 mil apenas em mudanças de domicílio.

As obras no seu estádio custariam mais de R$ 1 milhão em trocas de gramado, aumentos de arquibancadas e outros ajustes. Todos estes investimentos seriam feitos para apenas cinco jogos.

Estádio Dr Hercílio luz

Em Itajaí o rival Marcílio Dias tem um belo estádio que é capaz de receber jogos da série A. Inclusive passou por reformas, conta com novo gramado, bancos de reserva, traves e outros benefícios. O Almirante Barroso tentou negociar o aluguel do estádio, porém sem sucesso.


Nota do Almirante Barroso


NOTA OFICIAL DO ALMIRANTE BARROSO referente às exigências  de infraestrutura para a disputa do Campeonato Catarinense de 2020

A Diretoria de Futebol do Almirante Barroso entregou na Federação Catarinense de Futebol um ofício relatando as dificuldades do clube para disputar o Campeonato Catarinense de 2020. Uma vaga que foi conquistada ao se sagrar o campeão do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Série B de 2019. O clube não tem condições financeiras para adequar a estrutura (exigida pela Regulamento da Federação Catarinense de Futebol) para o campeonato.

A direção buscou alternativas para jogar no estádio municipal de Itajaí, porém, não obteve sucesso. " O Almirante Barroso solicitou ao clube Náutico Marcílio Dias e à Prefeitura de Itajaí a cessão do estádio Hercílio Luz, em Itajaí-SC, onde aquele manda seus jogos. Entretanto, após contato mantido com a direção do Marcilio Dias, bem como com a Prefeitura Municipal que, por sua vez, intercedeu junto àquele clube, não obteve êxito em no pleito, ficando, consequentemente, o Almirante Barroso impossibilitado de sediar os seus jogos do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Série A de 2020 em Itajaí-SC, onde mantém a sua sede".

Com a deficiência financeira, o Almirante Barroso não tem condições  de mudar a sua sede para outro município, ou ainda para investir na logística do deslocamento de sua agremiação para outras cidades, além dos custos para viabilizar a sua transferência.

Fonte: Jean Pablo/Esporte Campeão





01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Alceu Matiollo comentou em 15/10/2019 as 14:40:31
Diz o dito popular muito antigo, Aqui se faz e aqui se paga, e o que o Alm. Barroso esta colhendo. Ganharam o titulo de forma injusta com o apoio da arbitragem, tudo isso pra fazer esse FIASCO. Muito merecida a vaga pro Juventus que investiu jogou limpo. Ja era tempo de acabar com essa Vergonha do futebol de SC não tinha estadio com dimenssõe questionaveis, grama sintetica fora do padrao, acomodação insuficiente, má gestão e quase nenhuma torcida.. VAI TARDE.




VEJA TAMBÉM