Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Saúde

Credenciamento da cardiologia pelo SUS, em Concórdia, pode ter novidades até a 6ª feira

Comitiva vai a Florianópolis para importante encontro.

Por Marcos Feijó
11/12/2019 às 12h40 | Atualizada em 12/12/2019 - 07h42



Um encontro que pode marcar definições importantes quanto ao credenciamento da cardiologia de Concórdia no SUS está programado para ocorrer nesta sexta-feira (13) em Florianópolis. Vereadores de Concórdia farão uma comitiva para reforçar as cobranças ao Ministério da Saúde e demais lideranças.
O vereador Closmar Zagonel (MDB), líder do movimento que pede o credenciamento da cardiologia de Concórdia no SUS, afirma que a reunião poderá simbolizar avanços importantes para o atendimento gratuito aos pacientes. Além de Zagonel, outros vereadores devem integrar a comitiva à Capital. Como o assunto é de interesse público, diversos nomes estão há tempos nesta luta e apoiam a causa. O Hospital São Francisco (HSF), que abriga os serviços que podem ser credenciados, também enviará representantes à reunião.

A agenda foi confirmada após a visita de representantes do Ministério Público em Concórdia, no mês passado. Em encontro na Câmara de Vereadores, o chefe do Ministério da Saúde em SC, Rogério Mendes Ribeiro, disse estar convencido de que as decisões precisam ser revistas e que o HSF tem total condição de ser credenciado.

Ribeiro também já recebeu oficialmente o abaixo-assinado com mais de 20 mil assinaturas coletadas pela Câmara de Vereadores para reforçar o pedido de credenciamento. Além deste encontro em Florianópolis, também deve ocorrer outra reunião em Brasília para avançar a mudança de Portarias necessárias à adequação para os atendimentos gratuitos em Concórdia.

Também neste encontro desta sexta-feira, serão debatidas possibilidades de oferecer atendimento gratuito na oncologia de Concórdia, que também é uma luta antiga dos vereadores e será reforçada durante reunião na Capital catarinense.

O representante do Ministério da Saúde em Santa Catarina também já recebeu o abaixo-assinado organizado pela Câmara de Vereadores, que reúne mais de 20 mil assinaturas pedindo o credenciamento dos serviços de cardiologia/cateterismo de Concórdia no SUS. Diante do documento, ele garantiu estar ciente da importância do pleito à região, já que há assinaturas de pessoas de Concórdia e de outros 14 municípios do Alto Uruguai Catarinense.

Fonte: ASSESSORIA/Daisy Trombetta





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM