Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Justiça

Condenada dupla que participou de roubo e estupro em Concórdia

Caso foi em junho em residência do bairro Industriários.

Por Marcos Feijó
20/12/2019 às 17h42


A Justiça condenou dois homens no caso de roubo e estupro em 19 de junho numa residência do bairro Industriários em Concórdia. J.C.dosS.M(25 anos) foi condenado a 21 anos e J.U.Z(42 anos) a 8 anos e 4 meses. O primeiro por roubo e estrupro e o segundo por roubo. Cabe recurso. 


NOTÍCIA DA ÉPOCA (fonte Polícia Civil)

Uma jovem de cerca de 20 anos foi vítima de abuso sexual que ocorreu após bandidos invadirem a residência em que ela mora. O fato aconteceu na madrugada desta quarta-feira, dia 19, no bairro Industriários. Exame realizado no Hospital São Francisco confirmou o estupro, conforme a Polícia Militar. Os produtos levados foram encontrados e recuperados no Bairro Santa Rita.
Conforme as informações policiais, pelo menos dois homens, armados, invadiram a casa na madrugada e roubaram diversos produtos, como celular, bolsa e televisão. Em seguida, pelo menos um deles teria praticado o abuso sexual. Ambos fugiram com os itens em um carro branco, possivelmente um GM/Corsa. Ela conseguiu acionar a PM por volta das 05 horas. O veículo foi visto no Santa Rita.
No dia da ocorrência, J.U.Z foi detido pela Polícia Militar e encaminhado a Delegacia, onde foi preso em flagrante. Após a Policia Militar de Concórdia receber a informação da justiça que havia expedido, o mandando de prisão para o segundo suspeito de ter cometido um roubo com violência sexual, ocorrido no Bairro Industriários, iniciou-se um trabalho de investigação, por parte do P2, setor de inteligência da Polícia Militar e, com a colaboração da comunidade, foi preso por volta das 22h15min no Bairro Santa Rita, J.C.dos.S.D.M.,  25 anos. 

Na primeira tentativa de prender o rapaz, ele fugiu para a pedreira que fica no Bairro Santa Rita. Foram horas de um trabalho ininterrupto de várias guarnições da PM, até que com auxílio de populares, os policiais conseguiram prendê-lo. J.C.dos S.D.M resistiu à prisão, obrigando os policiais a utilização de técnica para rendê-lo. O suspeito foi conduzido ao hospital São Francisco e, posteriormente, foi encaminhado para o Presidio Regional de Concórdia.
A família da vítima de violência sexual, entrou em contato com a reportagem da Radio Rural/96FM e afirmou que estava aliviada com a prisão do autor do crime e que a vítima está abalada psicologicamente. Os familiares também agradeceram o empenho da justiça e principalmente da Polícia Militar.






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM