Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Concórdia

Projeto da obra da Senador Attilio Fontana poderá ter alterações para resolver impasse

Prefeitura quer que obra inicie ainda em 2020.

Por Luan de Bortoli
17/01/2020 às 06h32 | Atualizada em 18/01/2020 - 21h31


A administração municipal de Concórdia está focada, neste início de ano, em resolver o problema das licitações desertas para a obra de revitalização da rua Senador Attilio Fontana. Esta é uma situação que se arrasta desde o governo passado. Apenas parte do projeto saiu do papel – que foi o trecho próximo ao bairro Estados. Mas maior parte do trabalho ainda nem saiu da licitação porque não está havendo interessadas.

Conforme informações levantadas com o assessor de planejamento da prefeitura, Daniel Faganello, nesta semana ele e o prefeito tiveram uma conversa para agilizar a busca pela solução deste impasse. Ficou definido que a administração entrará em contato com a empresa responsável pela elaboração do projeto a fim de agendar uma reunião para discutir o assunto e tratar de mudanças técnicas e pontuais.

Na oportunidade, conforme Faganello, a equipe da prefeitura irá repassar para esta empresa todos os itens apontados como passíveis de alterações pelas eventuais interessadas em participar da obra. Um exemplo dado por Faganello é a estrutura utilizada para a parte de contenção, que poderá ter material substituído. Diante desta situação, o projeto não será refeito, mas deverá passar por alterações pontuais, uma espécie de atualização, até quanto ao orçamento. 

Essa reunião ainda não tem data para ocorrer. Mas como a empresa também fiscaliza a obra da rua Victor Sopelsa, uma equipe deverá estar até o fim do mês em Concórdia. A prefeitura deverá aproveitar a presença deles no município para programar o encontro. A ideia é que entre fevereiro e março o edital licitatório seja relançado. A administração quer que ainda neste ano a obra inicie.

A revitalização começou ainda em 2015. No entanto, não chegou ao fim. Apenas parte do trabalho foi feito, que compreende o trecho próximo ao acesso ao bairro dos Estados até pouco acima da BRF. A atual administração refez o projeto, com um acréscimo considerável no orçamento, custando cerca de R$ 14 milhões, ante os R$ 5,5 da época.

O trecho faltante da obra compreende aquele que passa pela BRF, com a terceira pista e a contenção do lado direito (de quem sobe). A empresa vencedora deverá ter cerca 10 meses para a execução. Conforme o Departamento de Trânsito, em média 5 mil veículos circulam diariamente pela Senador Attílio Fontana.





01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Alceu Matiollo comentou em 17/01/2020 as 20:52:10
Faz dois anos que faço meus comentarios a respeito dessa obra, não que a minha opinião tenha alguma relevancia ... kkk Não importa vou continuar insistindo essa obra ja esta 12 anos atrasada pois acrescentei mais 2 dois. Ao meu ver a nossa cultura prima for sacrificar 1000 justificar salvar 2, ou seja, porque meia duzias de edificações impedem de resolver o maior gargalo da infraestrutura de concordia e regiao. Porque não se unir o projeto dessa rua ao de recuperação da BR-283 .quem sabe...




VEJA TAMBÉM