Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

Concórdia tem pior dezembro da série histórica em geração de empregos

Mês tradicionalmente tem resultados ruins, mas este foi o pior.

Por Luan de Bortoli
27/01/2020 às 06h26 | Atualizada em 27/01/2020 - 08h08


Depois de uma sequência de meses com resultados positivos e apresentando uma tendência de crescimento, a geração de empregos de Concórdia registrou uma grande queda. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados na sexta-feira, dia, pelo Ministério da Economia, apontam que o município fechou dezembro com saldo negativo de 885 vagas.

Esse resultado é a diferença entre as 839 contratações e os 1724 desligamentos - que podem ser demissões ou mudança de cidade. O saldo de dezembro é, conforme levantamento feito pela reportagem da emissora, o pior da série histórica para este mês do ano desde 2003, ou seja, em 17 anos, desde quando os dados do Caged começaram a ser divulgados.

Os números, apesar de ruins, somente seguem a tendência de todos os outros meses de dezembro. Historicamente, desde 2003, Concórdia sempre teve saldo negativo no último mês do ano. Isso ocorre por conta dos trabalhos temporários. Nos resultados por setor, chama a atenção que, dos oito analisados, apenas um não teve saldo negativo: que foi agricultura, que fechou com saldo de zero, ou seja, nenhuma vaga criada. Administração pública foi o que teve o pior resultado.

Em nível nacional, o país também apresentou resultado negativo. Foram fechadas 307.311 vagas formais no período, mas o saldo é melhor do que em 2018. Os dados para Santa Catarina também não são bons. O saldo de dezembro foi de 24,3 mil vagas fechadas, o pior número desde dezembro de 2016. No entanto, o desempenho negativo no último mês do ano é esperado e ocorre em todos os Estados por razões sazonais.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM