Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Estado

Regional de Concórdia da Celesc deverá receber R$ 15 milhões em investimentos

Foco será na melhoria da rede e no trabalho de manutenção.

Por Luan de Bortoli
05/02/2020 às 06h33


A unidade regional das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) de Concórdia deverá passar por reforço da rede elétrica e manutenções dentro do pacote de investimentos de R$ 1,2 bilhão, anunciado nesta semana pela direção estadual da empresa. Estão previstas a construção de quatro novas subestações e a ampliação de outras 17. A expectativa é que o consumo de energia neste ano aumente cerca de 3,5%.

O gerente da unidade local da Celesc, Gilvan Menosso, informa que, para o Núcleo Oeste, que engloba Chapecó, São Miguel do Oeste, Concórdia e região, serão 74 milhões, com investimentos em subestações e melhorias de redes. Já para a unidade de Concórdia, o valor investido deverá ser em torno de 15 milhões para os 16 municípios de abrangência.

“Nós temos previsão de executar esse ano já R$ 15 milhões em rede de média tensão. São obras estruturantes até a instalação de equipamentos eletrônicos. Um exemplo de obra é a construção de um alimentador que sai da nova subestação de São Cristóvão, pra atender a região de Peritiba e Alto Bela Vista. Com isso vai amenizar, tirar carga da nossa subestação do Santa Cruz”.

Parte dos investimentos estará relacionada a manutenção e reforço de toda a rede, como ele explica. “Mais ou menos na manutenção nós vamos ter R$ 1,5 para aplicar esse ano. É o que a gente tem capacidade de executar. Seria a troca de estrutura que já está muito antiga, possivelmente condutores que precisam substituídos e também para poda e roçada”.

O gerente também ressalta algumas necessidades para a regional de Concórdia. “Passamos por reforma de todas as nossas subestações, são seis aqui na regional. O que temos que fazer agora é distribuir essa carga através de alimentadores e gerar recursividade. Por exemplo, quando falta energia em uma rede, temos possibilidade de fornecer de outra rede. Outro ponto é que neste ano vamos instalar aqui em torno de 150 chaves eletrônicas. Elas foram projetadas para atender regiões que tem muita vegetação, então ela só vai parar de fornecer energia se a rede cais ou uma árvore cair, e não pelo toque da rede”. 

Além disso, municípios da região serão beneficiados com a troca da rede monofásica para uma rede trifásica para a zona rural. Serão contemplados Lindoia do Sul (em Linha Alegre), Paial (em Linha Pinheirinho) e Ponte Serrada (Linha Caratuva).





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM