Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Região

Coronavirus: Amauc decide aderir medidas aplicadas pelo Estado

Assembleia também debateu estiagem e decreto conjunto é aguardado.

Por Marcos Feijó
17/03/2020 às 13h03 | Atualizada em 17/03/2020 - 17h51


Aconteceu na manhã desta terla-feira(17) em Concórdia assembleias da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense, do Consórcio Lambari e do Cis Amauc. Um dos temas foi o coronavirus. A Amauc decidiu aderir, seguir a linha, das medidas feitas pelo Estado. Por exemplo, suspensão de aulas por 30 dias nos municípios. Também haverá a montagem de um comitê em cada cidade da microrregião, para trabalhar intensamente com a meta de "casos zero" de coronavirus no Alto Uruguai.  "É preciso contar com a estrutura de cada secretaria municipal da saúde. As pessoas estão sendo preparadas. E quem o munícipe que não tem urgência, pode remarcar para evitar aglomerações e priorizar possíveis casos", disse o presidente da Amauc, Emerson Reichert, prefeito de Ipira. 

ESTIAGEM 
Há um consenso de ações em conjunto para buscar medidas urgentes. Assim, municípios que ainda não decretaram situação de emergência farão nos próximos dias. A ideia é um decreto conjunto para breve. Preocupação maior é com levar água às comunidades. Efeitos da falta de chuva em lavouras virão durante os próximos 60 e até 90 dias, como por exemplo, a safrinha e a silagem. Também será dado apoio necessário aos alojamentos de frangos e suínos, que, por enquanto, de integrados, estão sob controle. 

Os Municípios que já decretaram situação de emergência em virtude da estiagem: Concórdia, Jaborá, Piratuba, Presidente Castello Branco, Seara e Xavantina. Irão decretar nos próximos dias: Alto Bela Vista, Arabutã, Ipira, Irani, Itá, Lindóia do Sul e Peritiba.
 






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM