Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

Juiz do trabalho paralisa duas unidades da JBS em SC

Ação do sindicato da categoria pediu medida de precaução contra coronavírus; empresa já recorreu.

Por Ederson Vilas Boas
21/03/2020 às 16h27 | Atualizada em 21/03/2020 - 21h01


Um juiz do trabalho de Santa Catarina determinou a paralisação total de duas unidades da Seara, que pertence à JBS. As plantas em questão ficam nos municípios de Forquilhinha e Nova Veneza.

A decisão foi tomada após uma ação do sindicato que representa os trabalhadores da categoria, que pediu uma medida de precaução contra o coronavírus. O Valor apurou que a JBS já recorreu e espera reverter a decisão judicial ainda hoje.

A paralisação de uma fábrica de alimentos (neste caso, de carnes) é vista com muita preocupação na indústria frigorífica.

Se outros sindicatos adotarem a mesma estratégia e tiverem o aval de juízes trabalhistas, o abastecimento estaria em risco.

De acordo com uma fonte próxima à empresa, o caso das duas unidades da Seara em Santa Catarina foi levado ao conhecimento do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

A expectativa para reverter a paralisação é otimista, sobretudo porque a produção de alimentos é considerada serviço essencial.

Procurada, a JBS divulgou nota informando que não vai se manifestar a respeito do processo.

No comunicado, a companhia “reitera que mantém total foco em garantir a segurança de todos seus colaboradores, adotando rígidos protocolos de acordo com os órgãos de saúde”.

O texto diz ainda que “a empresa também mantém o firme propósito de não comprometer a produção e o abastecimento de alimentos de qualidade em todo o país neste momento”.

 

Fonte: Valor Econômico





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM