Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Geral

Missas em Concórdia ainda não serão retomadas

Presidente decretou que atividades religiosas são essenciais.

Por Luan de Bortoli
27/03/2020 às 06h33


O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que torna as atividades religiosas parte da lista de atividades e serviços considerados essenciais em meio ao combate ao novo coronavírus. Ao ser considerada essencial, a ação fica autorizada a funcionar mesmo durante restrição ou quarentena em razão do vírus. 

Segundo o texto, no entanto, o funcionamento deverá obedecer as "determinações do Ministério da Saúde". A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) informou na manhã desta quinta-feira que a tendência é que as igrejas permaneçam sem missa presencial. Esta é também a tendência a ser tomada em Concórdia, seguindo o decreto do governo de SC.

A reportagem da emissora conversou com o frei e pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Concórdia, José Idair Ferreira Augusto, sobre a medida a ser adotada. Conforme o religioso, no município as missas seguem suspensas, mas as igrejas estão abertas para orações dos fiéis. Além disso, nos sábados e domingos, os freis têm celebrado as missas pelo facebook.

O funcionamento de atividades religiosas vinha sendo limitado com as medidas de combate ao coronavírus tomadas pelas autoridades dos estados como forma de evitar aglomerações e reduzir as possibilidades de contágio do vírus. Na Coreia do Sul, uma seita religiosa foi considerada meio de contaminação do novo coronavírus.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM