Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Esportes

Sem data para o retorno presencial, trabalhos remotos são mantidos na ACF

Criatividade para manutenção da forma física.

Por Marcos Feijó
13/05/2020 às 14h12 | Atualizada em 13/05/2020 - 14h16

Ainda não há previsão de retorno dos atletas da Associação Concordiense de Futsal (ACF) às atividades presenciais.  O supervisor da ACF,  Artêmio Artifon, participou de uma videoconferência com os representantes dos demais clubes que participam da Série Ouro do Futsal Catarinense. "É preciso ter muita cautela com o retorno aos treinos. Estamos diante de uma pandemia e nossa modalidade é caracterizada pelo contato físico, portanto, devemos ser muito cuidado para evitar que o vírus se propague entre os jogadores. Há indicativos de que as competições possam ser retomadas em julho ou agosto, mas nada está confirmado", explica.

Por enquanto, a Comissão Técnica, mantém os trabalhos remotos. O Técnico Clodimar Thomé e o preparador físico, Anderson Cecchin, estão orientando os jogadores sobre as atividades que devem ser desenvolvidas em seus domicílios. "É um momento de incertezas. Não temos uma previsão de quando deveremos retomar as atividades presenciais. Enquanto isso, os atletas estão em suas casas, com seus familiares, seguindo todas as instruções do técnico e do preparador físico", assinala.

Neste período de isolamento, a Comissão Técnica da ACF tem priorizado a criatividade para garantir que os atletas se mantenham em forma, mesmo afastados das quadras. "Estamos fazendo o que é possível para o momento. Temos uma equipe muito qualificada, que tem objetivos claros. Isso ajuda muito neste momento singular que estamos vivendo. A ACF é uma equipe que representa Concórdia e região nas competições estaduais e nacionais, portanto, nossos atletas precisam dar exemplo também neste momento", observa.

Além da equipe, que disputará as competições previstas no calendário de 2020, a ACF mantém um arrojado projeto social (com aproximadamente mil crianças que participam das escolinhas). Essas atividades também estão suspensas neste momento em função do período de pandemia.  A iniciativa possibilita que muitas crianças e adolescentes encontrem na modalidade de futsal uma oportunidade para se tornarem grandes cidadãos. Trata-se de um projeto social, que recebe o apoio de grandes empresas e entidades da região.

Fonte: Paulo Gonçalves





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM