Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Geral

CDL Concórdia comemora 50 anos em meio a crise gerada pelo coronavírus

Femix poderá ser cancelada ou adiada, conforme pesquisa.

Por Luan de Bortoli
22/05/2020 às 08h42


A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Concórdia comemora amanhã, sábado, dia 23, 50 anos de atividades no município. A data emblemática seria comemorada com uma grande festa no centro de eventos no fim deste mês. Mas a programação sofreu um revés. A pandemia do novo coronavírus, que afeta o mundo todo, obrigou uma mudança nos planos.

Com isso, a entidade enfrenta também um de seus maiores desafios nestas cinco décadas. Diante de uma pandemia sem precedentes, medidas drásticas foram tomadas. Entre elas, o fechamento do comércio por cerca de 20 dias, gerando um enorme prejuízo. Agora, as lojas de Concordia correm atrás para tentar recuperar o que se perdeu.

Em entrevista à emissora, o presidente da CDL, Rogério Cecchin, destacou que a entidade veio, ao longo dos últimos anos, conquistando um importante espaço em Santa Catarina, se tornando uma referência. E que agora, ele, como presidente, também, está diante de um desafio difícil, que demanda de uma estratégia diferenciada para se trabalhar.

“Não imaginávamos nesse momento tão complicado, mas não pode perder a importância de um momento tão importante. A CDL de Concórdia é uma das entidades mais representativas no Estado, que mais tem força. Estamos comemorando de forma diferente, onde a gente está trabalhando mais pelo associando, buscando alternativas”.

“Não era aquilo que a gente queria, mas aconteceu. E agora temos que superar isso. O que está acontecendo hoje é sem precedentes. Não dá para trabalhar com programação, a gente não consegue trabalhar com uma certeza do que vai acontecer. Estamos trabalhando com estratégias semanais para não deixar o associado desassistido. O desafio é muito grande. Ninguém está preparado e a conta sempre vai estourar aqui na ponta”.

Femix

Os 50 anos da CDL seriam marcados também por mais uma edição da Femix, que vinha crescendo a cada realização do grande evento. Mas a pandemia do novo coronavírus também vai afetar a realização da feira. Ela seria realizada enter 2 e 7 de setembro, dentro do período de suspensão de eventos, conforme decreto. Com isso, há uma tendência de mudança de data ou até cancelamento.

“Hoje mesmo será lançada uma pesquisa, sugerindo duas novas datas ou a não realização do evento. A gente vai ouvir a opinião do nosso associado. Temos que ouvir cada vez mais o que eles pensam. Os nossos associados é que vão decidir. E acredito que até semana que vem teremos os dados, e vamos criar nossa ação em cima do que será decidido”.

A programação da feira já estava sendo montada. A reportagem da emissora havia antecipado em primeira mão algumas das atrações, como o Espetáculo Korvatunturi, de Gramado, no Rio Grande do Sul, a banda Chiquito e Bordoneio e grupo Ciência em Show.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM