Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Coronavírus

Transporte coletivo em Chapecó não volta até o dia 22

Anúncio do prefeito na manhã do sábado.

Por Marcos Feijó
06/06/2020 às 17h25


O prefeito de Chapecó, Luciano Bulligon (PSL), anunciou na manhã deste sábado (6) que o transporte coletivo será mantido suspenso na cidade do Oeste catarinense pelo menos até o dia 22 de junho. A decisão foi tomada em conjunto, após uma reunião realizada quinta-feira (4). A cidade reúne a maior quantidade de pacientes confirmados com a doença no estado.

De acordo com Bulligon, foi levado em consideração as opiniões dos profissionais de saúde, que teriam alertado para os índices de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade, que costumam aumentar entre abril e junho em decorrência do frio.

"O fato é que nós estamos dentro desse período. Por conta dos números, ainda que já foram maiores, mas que são ainda crescentes por conta da temperatura ter caído muito, da umidade, por conta de que os médicos e profissionais que tratam disso há muitos anos em Chapecó, nós estamos mantendo o transporte coletivo e as aulas suspensas, pelo menos, até o dia 22 de junho", afirmou.

De acordo com Bulligon, foi levado em consideração as opiniões dos profissionais de saúde, que teriam alertado para os índices de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade, que costumam aumentar entre abril e junho em decorrência do frio.

"O fato é que nós estamos dentro desse período. Por conta dos números, ainda que já foram maiores, mas que são ainda crescentes por conta da temperatura ter caído muito, da umidade, por conta de que os médicos e profissionais que tratam disso há muitos anos em Chapecó, nós estamos mantendo o transporte coletivo e as aulas suspensas, pelo menos, até o dia 22 de junho", afirmou.


Fonte: G1 SC





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM