Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Esportes

​Tubarão solicita à FCF mudança nas datas do mata-mata do rebaixamento; Concórdia é contra

Peixe alega não poder se preparar a tempo por conta da não liberação da Prefeitura de Tubarão.

Por Ederson Vilas Boas
23/06/2020 às 06h40 | Atualizada em 23/06/2020 - 07h54


O Tubarão tenta junto à Federação Catarinense de Futebol (FCF) e à Associação dos Clubes Profissionais de Santa Catarina (SC Clubes) alterar as datas dos jogos diante doConcórdiapelo mata-mata do rebaixamento do Campeonato Catarinense. Na última semana, o gestor do clube, Joca Zappoli, fez a solicitação em contato telefônico com os envolvidos. O caso será analisado.

De acordo com a tabela divulgada pela FCF, o primeiro jogo entre os piores times da primeira fase está agendado para o dia 12 de julho, às 16h, no estádio Domingos Gonzalez, em Tubarão. A volta será uma semana depois, dia 19, no mesmo horário, mas no Domingos Machado de Lima, em Concórdia. O Peixe pede o adiamento em uma semana, sugerindo como novas datas os dias 19 e 25 de julho.

A diretoria do Peixe alega não ter o tempo necessário para preparar o elenco para os jogos caso as datas sejam mantidas, uma vez que a Prefeitura de Tubarão ainda não liberou a retomada dos treinos em grupo na cidade. 

Concórdia é contra adiamento

Presidente do Concórdia, Jonas Guzzatto confirmou ter recebido a solicitação do Tubarão. Ele, porém, sinalizou que o Galo do Oeste não irá aceitar o que considera ser um novo adiamento na data de início do mata-mata do rebaixamento no Catarinense.

– A Federação iria marcar os jogos para os dias 8 e 12 de julho, mas a pedido do Tubarão, com nossa concordância, alterou para os dias 12 e 19 – disse.

Guzatto ainda justificou a questão contratual de alguns atletas do atual elenco como motivo para não aceitar a troca de datas. De acordo com ele, o clube não tem como estender ainda mais os vínculos por não ter mais competições em disputa no restante de 2020.

– Temos acordos com atletas e alguns contratos vencem no dia 21 de julho, sendo inviável a mudança. Até porque não temos calendário para sequência da temporada – completou.

Tubarão e Concórdia irão se enfrentar no sistema ida e volta para definir quem vai cair para a Série B do Catarinense de 2021. Por ter sido o vice-lanterna, o Galo do Oeste tem o direito de disputar em casa a partida decisiva e também joga por dois empates para se livrar da queda. O Peixe precisa, pelo menos, vencer um duelo e empatar outro para se manter na elite.

Fonte: Por Daniela Walzburiech e Guto Marchiori — de Tubarão (SC)





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM