Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Geral

Concordiense é cotado para assumir presidência do Banco do Brasil

A ideia do governo é dar prioridade a um executivo de mercado

Por Luan de Bortoli
29/07/2020 às 11h01 | Atualizada em 30/07/2020 - 09h09


Conrado Engel, ex-executivo do Santander, está sendo cotado para assumir a Presidência do Banco do Brasil. Fontes confirmaram à CNN que o nome dele já está em avaliação no Ministério da Casa Civil. A ideia do governo é dar prioridade a um executivo de mercado e, caso não consiga fechar um bom nome, a segunda opção será uma solução caseira.

De acordo com fontes da equipe econômica, uma das dificuldades do governo de encontrar alguém do mercado para a presidência do Banco do Brasil é tirar esse executivo do eixo Rio-São Paulo e trazê-lo para morar em Brasília.

Outro obstáculo é o salário, uma vez que, como diretor de bancos ou instituições privadas, os executivos financeiros ganham mais do que na Presidência do Banco do Brasil -- cargo cujo salário fixo gira em torno de R$ 68.000 mensais, adicionado a uma renda variável que pode dobrar no final do mês.

Conrado Engel está desde o início do ano como conselheiro sênior da gestora de fundos de private equity General Atlantic. Antes, foi vice-presidente e membro do Conselho de Administração do Santander Brasil. Ele ainda foi presidente da operação do HSBC no país, entre os anos de 2009 e 2012.

O currículo de Engel é um ponto forte e tem o perfil procurado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. As indicações para o comando do banco estatal também estão sendo coordenadas por Hélio Magalhães, presidente do conselho administrativo do Banco do Brasil. Magalhães foi sondado para assumir o posto, mas recusou.

Fonte: CNN.com.br





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM