Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Geral

Sem frio intenso, julho fecha dentro da média da década em Concórdia

Previsão apontava que inverno seria mais intenso, o que não ocorreu até agora.

Por Luan de Bortoli
05/08/2020 às 06h14


De forma geral, o inverno deste ano não está sendo tão intenso quanto se previa inicialmente. Conforme levantamento realizado pela reportagem da emissora sobre a temperatura em julho, com base nos dados da estação agrometeorológica da Embrapa Suínos e Aves, o sétimo mês do ano fechou com média de 20ºC de máxima, e 10ºC de mínima.

Essa temperatura aponta para um equilíbrio em relação a anos anteriores, mas longe de estar entre os mais frios já registrados. A média de julho deste ano foi a mesma anotada nesta década em Concórdia. É também praticamente a mesma temperatura do mesmo mês do ano passado. Julho, ao longo dos últimos dez anos, registrou 20,2ºC e  9,9ºC de média no período.

Pelo levantamento da emissora, julho deste ano somente foi mais frio que 2018, 2017 e 2016 na década. No início de junho, órgãos meteorológicos e profissionais da meteorologia previam um inverno mais rigoroso, pelo menos na comparação com 2019, o que ainda não ocorreu. Junho, por exemplo, foi o mais quente da década. Outro dado que chama a atenção é que 2020, até agora, não teve temperaturas negativas em Concórdia, conforme a Embrapa.

Já quanto à chuva, a quantidade em julho voltou a cair em relação a junho, mas de forma geral, foi melhor do que em outros anos. Conforme o levantamento, na década, a precipitação de julho ficou dentro da média. Foram 142 milímetros, sendo que a média é de 141. Mas analisando os anos isoladamente, a maioria deles teve um julho seco, com menos de 100 milímetros. Este foi o melhor dos últimos cinco anos.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM